Crédito aos particulares continua a diminuir mas malparado também se reduz

Crédito aos particulares continua a diminuir mas malparado também se reduz

 

Lusa/AO online   Economia   22 de Ago de 2012, 12:36

O crédito concedido pela banca portuguesa aos particulares encolheu em junho, mas o volume de crédito malparado também diminuiu, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

No boletim estatístico do BdP verifica-se que, em junho, o volume total de crédito a particulares atingia os 137.063 milhões de euros - um valor 3,1 por cento inferior ao que se registava um ano antes. Há quase um ano que a variação homóloga (relativa ao mesmo mês do ano anterior) do crédito a particulares é negativa.

A variação em cadeia (relativa ao mês anterior) também foi negativa. Pelo quinto mês consecutivo, o crédito concedido a particulares caiu.

Em junho, também o crédito malparado diminuiu, pelo segundo mês consecutivo. Em termos homólogos, os créditos de cobrança duvidosa foram 12 por cento superiores aos de junho do ano passado, mas caíram 0,01 por cento relativamente a maio deste ano.

O peso do malparado no total do crédito aos particulares foi 3,53 por cento em junho, ligeiramente abaixo do máximo histórico de 3,59 por cento atingido em abril.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.