Costa abre Jornadas Parlamentares do PS na segunda-feira em conjuntura de crise europeia

Costa abre Jornadas Parlamentares do PS na segunda-feira em conjuntura de crise europeia

 

Lusa/AO Online   Regional   24 de Jun de 2016, 17:46

O secretário-geral socialista, António Costa, abre na segunda-feira, de manhã, em Ponta Delgada, as Jornadas Parlamentares do PS, que se realizam a pouco mais de três meses das eleições regionais nos Açores e na sequência do "brexit".

 

Ao contrário do habitual, António Costa fará a sua intervenção de fundo política logo no primeiro dia de trabalhos das jornadas parlamentares, durante a sessão de abertura, e não no encerramento, que acontecerá ao fim do dia.

Em declarações aos jornalistas, na Assembleia da República, o líder da bancada socialista, Carlos César, justificou a escolha dos Açores para palco das Jornadas Parlamentares do PS "por duas razões dominantes".

"Uma porque se trata de ano eleições e o PS quer demonstrar apoio aos seus camaradas açorianos, entre os quais eu próprio. Mas também porque os temas escolhidos para as jornadas parlamentares encontram nos Açores um cenário natural e óbvio", defendeu o líder da bancada socialista.

Carlos César adiantou que, durante os trabalhos, serão discutidos temas referentes ao turismo, ao setor agrícola, à economia do mar e às questões europeias.

"A Europa é hoje uma referência essencial para a Região Autónoma dos Açores. Durante estes 30 anos de integração europeia, os Açores passaram da última posição da Europa em termos de regiões para um lugar intermédio no ‘ranking' do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB)", sustentou o ex-presidente do Governo Regional açoriano, entre 1996 e 2012.

Carlos César completou ainda que, em termos de ‘ranking', no plano nacional, os Açores ultrapassaram as regiões Norte e Centro, o que reflete um percurso desta região autónoma "muito ligado ao ideal europeu".

"Num momento em que a questão europeia está tão viva na sequência do referendo ocorrido no Reino Unido, naturalmente que essas matérias ocuparão boa parte da reflexão, mas uma reflexão projetada na força que a autonomia hoje trouxe aos arquipélagos dos Açores e da Madeira do ponto de vista da sua convergência com as médias nacionais", acrescentou o presidente do PS.

Além de António Costa, na segunda-feira de manhã, durante a sessão de abertura das jornadas parlamentares, discursa o presidente do Grupo Parlamentar, Carlos César, após breves palavras de boas vindas a cargo do líder da bancada socialista na Assembleia Legislativa Regional dos Açores, Berto Messias.

A seguir, com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e do secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, os deputados socialistas discutem economia do mar.

Na parte da tarde, o tema em debate será o do turismo - painel que terá a participação da secretária de Estado deste setor, Ana Mendes Godinho.

Antes do jantar, a bancada do PS terá ainda um debate sobre agricultura, com o secretário de Estado Luís Vieira e com o ex-eurodeputado socialista Luís Paulo Alves.

Os deputados socialistas chegam aos Açores no domingo, dia em que estão previstas deslocações ao município do Nordeste, com almoço nas Furnas e uma à fábrica de chá da Gorreana.

Depois de uma passagem pela Lagoa do Fogo ao fim da tarde de domingo, o Grupo Parlamentar do PS tem um jantar com a presença do presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.