Coreia do Norte atrasa relógio em meia hora para fixar a sua própria hora oficial

Coreia do Norte atrasa relógio em meia hora para fixar a sua própria hora oficial

 

Lusa/AO Online   Internacional   7 de Ago de 2015, 07:50

A Coreia do Norte anunciou hoje que vai atrasar os relógios 30 minutos, na próxima semana, criando "a hora de Pyongyang", rompendo assim com o fuso que fora imposto há mais de um século pelos "perversos imperialistas" japoneses.

A mudança vai fazer com que a hora padrão da Coreia do Norte corresponda a TMG+8:30, o que significa que vai ser meia hora a menos do que na Coreia do Sul, que à semelhança do Japão é de TMG+9:00, passando a designar-se como “hora de Pyongyang”, informou a agência oficial norte-coreana KCNA.

A “hora de Pyongyang” vai ser aplicada a partir do dia 15 de agosto, dia em que se assinala o 70.º aniversário da libertação do domínio colonial japonês.

TMG+8:30 correspondia ao fuso horário de toda a Coreia até que, em 1912, os relógios foram adiantados em meia hora pelo Império do Japão, que dominou a península coreana entre 1910 e 1945, para que coincidisse com a hora de Tóquio.

A decisão da Coreia do Norte é interpretada como um gesto de marcado cariz nacionalista.

“Os perversos imperialistas japoneses praticaram crimes imperdoáveis na Coreia, chegando inclusivamente a privar o país do seu horário padrão”, expressou a KCNA, num despacho em que também ameaça “fazer pagar” o Japão pelas ofensas cometidas na primeira metade do século XX.

Especialistas da Coreia do Sul observaram que a mudança no país vizinho é passível de criar desajustes, nomeadamente no caso dos horários no complexo industrial conjunto localizado na cidade norte-coreana de Kaesong, apesar de não esperarem problemas de maior.

A Coreia do Norte não vai ser o único país com o fuso horário atrasado em meia hora em relação ao padrão internacional, já que existem outras nações com esta particularidade, como a Venezuela, Índia ou Birmânia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.