Conselho de Opinião crê que "projetos de mudança" na RTP/Açores serão concretizados

Conselho de Opinião crê que "projetos de mudança" na RTP/Açores serão concretizados

 

Lusa/AO Online   Regional   11 de Dez de 2015, 18:26

O Conselho de Opinião da RTP, que concluiu hoje uma visita de três dias aos Açores, parte com "a esperança de que os projetos de mudança a diferentes níveis" no centro regional serão concretizados.

“Partimos com a esperança de que aquilo que nos foi apresentado como projetos de mudança a diferentes níveis dentro do centro regional possam vir a ser concretizados, porque nos foram dados elementos muito claros sobre essas transformações”, afirmou Manuel Coelho da Silva, que lidera o Conselho de Opinião da RTP, após uma reunião com a direção da RTP/Açores.

Segundo disse Manuel Coelho da Silva “essas transformações” passam pela melhoria das questões tecnológicas, infraestruturas, maior dinâmica na rádio e televisão pública nas ilhas e uma reorganização dos recursos humanos, acrescentando que em 2016 “vai haver melhorias significativas”.

“Aquilo que está em cima da mesa é a junção nesse edifício da rádio (em Ponta Delgada) da televisão, com a adaptação de algumas áreas que estavam ociosas e sem finalidade específica. Também em relação a Angra do Heroísmo a mudança para novas instalações, até ao primeiro semestre de 2016, e a identificação na Horta de novas instalações”, referiu Manuel Coelho da Silva, acrescentando que estes são “pequenos sinais” que fazem o Conselho de Opinião da RTP “acreditar que algo vai mudar”.

Consciente de que “ainda não está tudo feito”, Manuel Coelho da Silva afirmou que pelo menos a parte relativa à melhora das infraestruturas nos Açores está contemplada no orçamento da RTP para o próximo ano.

“Gostaríamos que a formação fosse mais acelerada, gostaríamos que a empresa visse os seus recursos humanos reajustados em função das necessidades”, referiu o presidente do Conselho de Opinião da RTP, admitindo que “há necessidade de recrutamento” de novas pessoas, algo que “vai ter de acontecer”.

Uma delegação do Conselho de Opinião da RTP, que representa a sociedade civil na empresa pública, está desde quarta-feira nos Açores para um conjunto de reuniões que incluíram encontros com o presidente do Governo Regional, entidades sindicais e da sociedade civil, a subcomissão de trabalhadores e a direção do Centro Regional da estação pública.

O Conselho de Opinião, que irá agora elaborar um relatório sobre as informações recolhidas nesta deslocação aos Açores, tem por missão acompanhar se está ou não a ser cumprido o contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão à RTP.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.