Conferência internacional de cetáceos em Portugal em 2013

Conferência internacional de cetáceos em Portugal em 2013

 

Cristina Brito/Ciência na Imprensa Regional   Nacional   30 de Nov de 2012, 09:02

A Conferência Anual da Sociedade Europeia de Cetáceos realiza-se no próximo ano em Portugal.

Será esta a terceira vez que o nosso país acolhe esta conferência de caráter internacional que reúne especialistas sobre cetáceos e outros mamíferos marinhos.

Portugal conta já com vários grupos de investigação dedicados a esta temática, tanto no continente como nos arquipélagos dos Açores e da Madeira, e com zonas costeiras e oceânicas com grande diversidade de espécies. E se até há relativamente pouco tempo, os estudos eram fragmentados e dispersos no espaço e no tempo, adquirem hoje, cada vez mais, uma perspetiva de continuidade e uma séria consolidação entre os seus pares.

Assim, entre os dias 8 e 10 de Abril de 2013, a cidade de Setúbal vai receber cerca de 500 investigadores e estudantes, vindos de várias partes do mundo, para apresentar várias temáticas sobre cetáceos. Desde a ecologia à bioacústica, passando pela patologia e genética, sem nunca esquecer a conservação, esperam-se inúmeras apresentações e workshops técnicos. Ainda assim, a temática para 2013 centra-se à volta das abordagens interdisciplinares para o estudo dos mamíferos marinhos e está já confirmada a presença de três especialistas para dar o mote. Estes irão abordar aspetos da história e da baleação, das áreas marinhas protegidas e diversos aspetos relacionados com a economia dos ecossistemas marinhos, e ainda sobre a aplicação estatística à ecologia.

A organização corre agora a todo o vapor, contando com o apoio de vários elementos da equipa da Escola de Mar, da Associação para as Ciências do Mar e da Reserva Natural do Estuário do Sado – ICNF. Mas, sejam estudantes ou investigadores, ainda estão a tempo de participar nesta conferência. Até ao dia 30 de Novembro estão abertas as submissões de resumos para apresentações orais, apresentações de posters e realização de workshops. Esta é uma oportunidade única para mostrar o trabalho feito pelos portugueses mas também para conhecer e debater com os colegas que vêm de fora. Estaremos então juntos nesta reunião científica à beira do Sado, casa da população residente dos roazes, também com vista para o Atlântico, casa de inúmeras populações de baleias e golfinhos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.