Comerciantes querem Câmara de Ponta Delgada a explorar estacionamento

Comerciantes querem Câmara de Ponta Delgada a explorar estacionamento

 

Lusa/AO Online   Regional   16 de Nov de 2016, 13:29

A Associação de Comerciantes do Centro Histórico de Ponta Delgada, defendeu hoje que deveria ser a câmara a explorar o estacionamento na cidade para reduzir de imediato o tarifário dos parquímetros e atrair mais clientes.

 

“Quem devia explorar o estacionamento na cidade deveria ser a própria câmara, porque tem empresas municipais e elas poderiam exercer essa competência, permitindo a alteração do tarifário quando quisesse”, afirmou o presidente da associação, Rui Matos.

A Associação de Comerciantes do Centro Histórico de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, foi constituída em 2010 e tem 188 associados, segundo disse Rui Matos.

Há dois meses que direção da associação tem publicado na imprensa local um anúncio em que dá conta de um inquérito realizado este ano a 200 clientes e 140 associados sobre o comércio no centro histórico da maior cidade açoriana, iniciativa que visa alertar as autoridades para dois problemas que diagnosticou, o preço do estacionamento e falta de lugares no centro urbano.

Rui Matos adiantou que a associação “há vários anos” tem apresentado “propostas concretas” e sensibilizado o município de Ponta Delgada para tomar medidas, mas “pouco ou nada é feito para alterar a realidade”.

Entre outras propostas, Rui Matos sugere, por exemplo, que entre as 12:00 e as 15:00 os parquímetros fossem gratuitos no centro histórico da cidade, permitindo às pessoas estacionarem e fazerem compras na baixa.

Contudo, explicou que esta sugestão não teve acolhimento por parte do executivo municipal, liderado pelo social-democrata José Manuel Bolieiro, dado que “o estacionamento na cidade está concessionado a empresas privadas e há contratos que têm de ser respeitados”.

No entender de Rui Matos, o cenário do comércio na baixa de Ponta Delgada é preocupante e “todos os comerciantes se queixam”, pois “as vendas desceram drasticamente” e todos os anos “há dezenas de lojas que encerram portas”.

Em 2017 haverá eleições para a direção da associação e Rui Matos vai deixar o cargo que ocupa há seis anos, justificando com a candidatura à Câmara de Ponta Delgada pelo Partido Popular Monárquico nas eleições autárquicas do próximo ano.

Segundo um documento do município de abril último, existem “cerca de 3.500 lugares de estacionamento gratuito, 1.700 dos quais no centro urbano de Ponta Delgada”.

“O estacionamento gratuito é complementado com 2.140 lugares” tarifados, distribuídos “pelas vias do centro histórico e nos parques de estacionamento de São João, Mercado da Graça, avenida Infante D. Henrique e Castilho”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.