Coliseu de Ponta Delgada diminuiu rendimentos em 2015

Coliseu de Ponta Delgada diminuiu rendimentos em 2015

 

Lusa/AO Online   Regional   12 de Abr de 2016, 09:19

A empresa municipal Coliseu Micaelense, em Ponta Delgada, nos Açores, registou em 2015 um total de rendimentos de 1,2 milhões de euros, menos 10,88% face ao ano anterior, obtendo um lucro de cerca de 2.105 euros.

 

Em 2015, o total dos rendimentos da empresa foi de 1.262.388,63 euros, “decrescendo 10,88% comparativamente com o ano de 2014”, cujo montante foi de 1.416.495,12 euros, revela o relatório do conselho de administração relativo ao ano passado a que a agência Lusa teve hoje acesso.

Quanto aos gastos totais de exploração, incluindo impostos, que totalizam 1,2 milhões de euros, as maiores rubricas dizem respeito a fornecimentos e serviços externos (33,7%), gastos com pessoal (24,8%) e amortizações do exercício (22%).

No último ano, o Coliseu Micaelense, com quase cem anos de existência, realizou 49 eventos, envolvendo cerca de 36.904 mil espetadores, quando em 2014 tinha acolhido 70 eventos com 37.542 espetadores.

A administração do espaço justifica que, "face à atual conjuntura económica, implementou-se um menor número de espetáculos face aos anos anteriores, mas manteve-se a atenção de ter uma programação diversificada e dirigida aos diferentes interesses e sensibilidades".

O principal objetivo do Coliseu Micaelense é a promoção e dinamização de atividade e eventos culturais, sociais e recreativos.

A Câmara Municipal de Ponta Delgada é o maior acionista do Coliseu Micaelense, que tem ainda capital privado.

Contactado hoje pela agência Lusa para comentar o relatório, o presidente da autarquia, o social-democrata José Manuel Bolieiro, apenas disse: "a verdade é o que é e eu não a escondo".

No início do mês, os vereadores socialistas na Câmara de Ponta Delgada exigiram a realização de uma auditoria à gestão das três empresas municipais, que dizem representar um risco financeiro para a autarquia na ordem dos 29 milhões de euros.

José Manuel Bolieiro admitiu na ocasião estar "muito preocupado" com o endividamento das três empresas municipais, mas escusou-se a antecipar soluções, que revelou estarem a ser estudadas.

Além do Coliseu Micaelense fazem parte do universo das empresas municipais em Ponta Delgada a 'Azores Parque' e a 'Cidade em Ação'.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.