Cimeira Madeira/Açores reúne responsáveis dos Governos dos dois arquipélagos

Cimeira Madeira/Açores reúne responsáveis dos Governos dos dois arquipélagos

 

Lusa/AO online   Regional   22 de Jan de 2018, 11:48

Uma comitiva chefiada pelo presidente do Governo Regional dos Açores chega terça-feira à Madeira para a realização da segunda cimeira entre responsáveis das duas regiões autónomas desde que o executivo madeirense é liderado pelo social-democrata Miguel Albuquerque.


Apesar de os Açores terem um governo socialista e a Madeira um executivo social-democrata, em janeiro de 2016 as duas regiões, que estiveram durante “muitos anos de costas voltadas”, decidiram unir esforços para defender as suas posições perante a República num primeiro encontro que decorreu no arquipélago açoriano entre os dias 29 de janeiro e 02 de fevereiro de 2016.

Num balanço feito à agência Lusa sobre este encontro, Miguel Albuquerque disse que com esta iniciativa foi possível estabelecer uma "cooperação que tem sido profícua, ativa e se tem desenvolvido de uma forma muito útil para as duas regiões".

Desse encontro ocorrido há dois anos, que foi considerado “histórico” pelos dois executivos insulares, resultou a celebração de cerca de uma dezena de protocolos de cooperação em diferentes áreas, entre as quais a saúde, a proteção civil, a construção civil, os transportes, os assuntos europeus e o artesanato, entre outras.

A cimeira repete-se agora na Madeira, integrando também a delegação dos Açores o vice-presidente do Governo, Sérgio Ávila, o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Gui Menezes, o secretário regional da Saúde, Rui Luís, e o secretário regional adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt.

A comitiva açoriana inclui também, a convite de Vasco Cordeiro, diversos parceiros sociais regionais ligados à componente empresarial e aos setores produtivos, como é o caso da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, da Federação Agrícola dos Açores e da Federação das Pescas dos Açores.

Do programa consta, no primeiro dia, uma reunião de trabalho entre os representantes dos dois governos regionais, visitas à Universidade da Madeira, à freguesia do Monte, Jardim Botânico e diversas empresas na Zona Franca Industrial, na freguesia do Caniçal, no concelho de Machico.

Na quinta-feira estão previstas deslocações à Empresa de Cervejas da Madeira (Câmara de Lobos), ACIN Icloud Solutions (Ribeira Brava), ao Mudas-Museu de Arte Contemporânea e ao Centro de Maricultura (Calheta), bem como uma reunião com entidades empresariais e associações.

Em termos oficiais, a visita termina nesse dia com a assinatura de protocolos de cooperação, uma declaração conjunta, com discursos dos presidentes dos dois Governos Regionais e uma conferência de imprensa.

Apesar de os Açores terem um governo socialista e a Madeira um executivo social-democrata, em janeiro de 2016 as duas regiões, que estiveram durante “muitos anos de costas voltadas”, decidiram unir esforços para defender as suas posições perante a República num primeiro encontro que decorreu no arquipélago açoriano entre os dias 29 de janeiro e 02 de fevereiro de 2016.

Num balanço feito à agência Lusa sobre este encontro, Miguel Albuquerque disse que com esta iniciativa foi possível estabelecer uma "cooperação que tem sido profícua, ativa e se tem desenvolvido de uma forma muito útil para as duas regiões".

Desse encontro ocorrido há dois anos, que foi considerado “histórico” pelos dois executivos insulares, resultou a celebração de cerca de uma dezena de protocolos de cooperação em diferentes áreas, entre as quais a saúde, a proteção civil, a construção civil, os transportes, os assuntos europeus e o artesanato, entre outras.

A cimeira repete-se agora na Madeira, integrando também a delegação dos Açores o vice-presidente do Governo, Sérgio Ávila, o secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Gui Menezes, o secretário regional da Saúde, Rui Luís, e o secretário regional adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt.

A comitiva açoriana inclui também, a convite de Vasco Cordeiro, diversos parceiros sociais regionais ligados à componente empresarial e aos setores produtivos, como é o caso da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, da Federação Agrícola dos Açores e da Federação das Pescas dos Açores.

Do programa consta, no primeiro dia, uma reunião de trabalho entre os representantes dos dois governos regionais, visitas à Universidade da Madeira, à freguesia do Monte, Jardim Botânico e diversas empresas na Zona Franca Industrial, na freguesia do Caniçal, no concelho de Machico.

Na quinta-feira estão previstas deslocações à Empresa de Cervejas da Madeira (Câmara de Lobos), ACIN Icloud Solutions (Ribeira Brava), ao Mudas-Museu de Arte Contemporânea e ao Centro de Maricultura (Calheta), bem como uma reunião com entidades empresariais e associações.

Em termos oficiais, a visita termina nesse dia com a assinatura de protocolos de cooperação, uma declaração conjunta, com discursos dos presidentes dos dois Governos Regionais e uma conferência de imprensa.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.