Cimeira em Otava para tentar melhorar sistema de imigração canadiano

Cimeira em Otava para tentar melhorar sistema de imigração canadiano

 

LUSA/AO Online   Internacional   12 de Abr de 2015, 15:10

O Conference Board of Canada vai organizar uma cimeira em Otava em que se pretende criar um plano de Ação Nacional de Imigração para o Canadá, disse hoje à agência Lusa uma fonte da organização.

A cimeira de imigração "Rumo a um Plano de Ação Nacional da Imigração 2015", vai decorrer de 13 a 15 de abril, num hotel em Otava. Vão participar na cimeira diversos responsáveis dos governos, quer federal, quer de províncias canadianas, empresários, advogados e conselheiros de imigração, organizações de apoio aos imigrantes, académicos e outro intervenientes relacionados com a temática, que vão discutir, partilhar ideias e perspetivar como "poderá ser melhorado o sistema de imigração no Canadá". "Estamos empenhados em construir um melhor futuro para o Canadá, trazendo mais dinamismo e competitividade à nossa economia e sociedade. A imigração é muito importante para conseguirmos alcançar estes objetivos", afirmou Kareem El-Assal, investigador para a educação e imigração do Conference Board of Canada. Aquele responsável reconheceu que o sistema de imigração canadiano está a enfrentar "uma série de desafios, e, para seguir em frente, necessita de melhorias para garantir que continua a cumprir os objetivos sociais, culturais e económicos do Canadá". Na cimeira, está agendada uma sessão destinada aos trabalhadores especializados, no dia 13 de abril. Serão abordados os diferentes desafios que os setores profissionais no Canadá estão a enfrentar, problemas que podem ser resolvidos através da imigração, referiu. Outro dos tópicos está relacionado sobre a avaliação e reconhecimento de credenciais. "O Conference Board of Canada pretende trabalhar com as partes interessadas, incluindo os três níveis de governos (federal, provincial e municipal), com a comunidade empresarial, e outras partes interessadas e envolvidas, para identificar, através de uma análise e pesquisa não partidária, baseada em factos, de como o Canadá pode eficaz e eficientemente atrair e selecionar imigrantes para satisfazer as suas necessidade económicas", destacou o investigador. Kareem El-Assal referiu ainda que para ajudar a resolver alguns problemas relacionados com a imigração, o Conference Board of Canada lançou recentemente um Centro Nacional de Imigração. "Ao longo dos próximos cinco anos, o Centro Nacional de Imigração vai estudar os pontos fortes e francos do sistema de imigração, vai identificar novas soluções e desenvolver um plano de Ação Nacional de Imigração para ajudar a modernizar o sistema", sublinhou. O Centro Nacional de Imigração do Conference Board of Canada alerta para a importância da imigração no país norte-americano, avançando com estimativas que apontam que em 2035, 25 por cento da população do país terá mais de 65 anos, altura em que se devem reformar cerca de cinco milhões de canadianos. Atualmente, os imigrantes compõem 65 por cento do crescimento populacional anual líquido do Canadá, sendo que quase 100 por cento do crescimento populacional será feito através da imigração em 2035. O Canadá vai necessitar de cerca de 350 mil imigrantes anualmente ate 2035 para satisfazer as necessidades das forças do mercado laboral, segundo as estimativas. O centro pretende ainda no futuro efetuar 25 estudos sobre a imigração no Canadá. O Conference Board of Canada, um ‘think tank' que pretende analisar e pesquisar as tendências económicas, e também o desempenho organizacional de questões públicas de política. Foi criado em 1954 como parte integrante da Conference Board dos Estados Unidos, tendo adquirido uma identidade jurídica própria em 1981.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.