Ciclo de Conferências traz à reflexão economia solidária numa altura de crise

Ciclo de Conferências traz à reflexão economia solidária numa altura de crise

 

Lusa/AO online   Regional   22 de Nov de 2012, 08:31

A Associação Centro de Estudos de Economia Solidária do Atlântico (ACEESA) vai promover um ciclo de conferências para trazer à reflexão este conceito, numa altura de crise que implica cada vez mais recorrer à inovação.

“É preciso cada vez mais caminhos inovadores. É ter comportamentos sustentáveis para com o ambiente, a vizinhança e uma nova postura”, frisou a presidente da ACEESA, Catarina Borges acrescentando que o conceito de economia solidária não pode estar só associado à criação de empresas, mas engloba "várias vertentes", sendo um instrumento do desenvolvimento de produtos locais, mas também um instrumento de inclusão social.

Este ciclo de conferências, que decorre na quinta e sexta-feira, em Ponta Delgada, relaciona-se com os números editados da Revista de Economia Solidária, uma edição bilingue, com uma tiragem média de 250 exemplares, que reúne artigos de especialistas nacionais e internacionais e dá conta "das reflexões teóricas e experiencias práticas" do conceito de Economia Solidária.

A Revista foi lançada pela primeira vez em 2009, tendo Catarina Borges destacado o caráter "atual e inovador" da publicação, já que pretende ser um contributo para "mostrar conceitos e visões" do princípio da economia, relatando sucessos, as dificuldades e no fundo as experiencias relacionadas com o dia-a-dia da Economia Solidária.

Além de artigos científicos, a revista tem ainda trabalhos de investigação de alunos universitários e a publicação destina-se a bibliotecas e centros de estudo, mas há também uma parte que é comercializada.

Esta quinta-feira e no primeiro dia do ciclo de conferências sobre "Economia Solidária, Finanças Alternativas e Moeda", é lançado o número 5 da Revista, que vai abranger o tema “Economia Solidária e o Desenvolvimento Territorial”.

O ciclo de conferências (V encontro cientifico da ACEESA) vai trazer a debate temas como “Economia Solidária - uma Visão Critica sobre o Sistema Financeiro", “Sistemas de Financiamento Alternativo – Contributos”, “Politicas de Integração Económica e Coesão Territorial”.

Ainda no âmbito do ciclo de conferências decorre na sexta-feira a primeira conversa aberta sobre “cultura e coesão territorial”, onde se inclui uma conferência com o presidente do Campo Arqueológico de Mértola, Cláudio Torres, numa associação da Agência para a Coesão Territorial (AGECTA) e a ACEESA, indicou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.