Chuvas torrenciais no sul da China já mataram 147 pessoas


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Jun de 2010, 12:07

Chuvas torrenciais já mataram pelo menos 147 pessoas no sul da China durante a última semana, indicou esta segunda-feira a imprensa oficial chinesa.
Mais de um milhão de pessoas tiveram de abandonar as suas casas no fim-de-semana e 93 estavam dadas como desaparecidas.

As províncias de Hunan e Jiangxi são as mais afectadas

Segundo o ministério chinês dos Assuntos Civis, desde 13 de Junho passado, o temporal atingiu 15,3 milhões de pessoas, em nove regiões, e causou prejuízos económicos directos no valor de 19.700 milhões de yuan (2.375 milhões de euros).

Em algumas zonas, a água que inundou as ruas subiu até um metro de altura, perturbando o fornecimento de energia eléctrica e os transportes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.