Mau tempo

Chuvas na Birmânia já provocaram 63 mortos


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Jun de 2010, 15:07

As autoridades da Birmânia (Myanmar) anunciaram esta segunda-feira um aumento para 63 no número de vítimas mortais por inundações que afectam há uma semana a região ocidental do país e o vizinho Bangladesh.
O governo da Birmânia tem trabalhado com as Nações Unidas e outra organizações humanitárias para levar mantimentos, roupa e medicamentos às populações afectadas na província de Rakhine, onde os temporais causaram milhares de desalojados.

Muitas vítimas encontraram refúgio em escolas e tendas de campanha desde que as primeiras chuvas começaram a cair a 13 de Junho e não pararam até ao final da semana passada.

No vizinho Bangladesh, 50 pessoas morreram nos últimos dias devido a inundações e deslizamentos de terras, catástrofes habituais na Ásia durante a época das monções que tem início nos finais de Maio.

Em 2008, a Birmânia viveu o maior desastre natural da sua história quando 138.000 pessoas morreram na passagem do ciclone “Nargis” pelo delta do rio Irrawaddy.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.