China anuncia fundo de 1.000 milhões de dólares para cooperação com países lusófonos

China anuncia fundo de 1.000 milhões de dólares para cooperação com países lusófonos

 

Lusa/AO Online   Economia   13 de Nov de 2010, 08:40

A China anunciou hoje a criação de um fundo de 1.000 milhões de dólares (730 milhões de euros) para desenvolver a cooperação com os países de língua portuguesa.

O fundo vai ser criado durante os próximos três anos por bancos da Região Adminiustrativa Especial de Macau e do resto da China, disse o primeiro ministro chinês, Wen Jiabao, sem adiantar mais pormenores.

Na abertura da 3.ªconferência ministerial do Forum Macau, Wen Jiabao anunciou também a concessão de créditos de 1.600 milhões de yuan (176 milhões de euros) para os países lusófonos de África e Ásia.

O primeiro ministro chinês disse ainda que a China concederá mil bolsas de estudo aos referidos países e oferecerá a cada um deles equipamento medico no valor de 10 milhões de yuan (930 mil euros).

Wen Jiabao manifestou igualmente o apoio do governo central chinês à criação em Macau de um Centro de Formação para funcionários, quadros e técnicos dos países lusófonos.

A referida conferência, que decorre durante o fim de semana, é a primeira do género com a participação de um Presidente da República (Ramos Horta, de Timor Leste) e de quatro chefes de Governo (China, Guiné-Bissau, Mocambique e Portugal) desde a criação do Forum Macau, há sete anos.

Nos primeiros nove meses deste ano, o comércio entre a China e os países lusófonos aumentou 57 por cento, para 68,2 mil milhões de dólares (49,8 mil milhões de euros), contra apenas 10 mil milhões de dólares (7,3 mil milhões de euros) em 2003.

Wen Jiabao manifestou a disposição da China de “elevar para um patamar ainda mais alto” as relações com os países de língua portuguesa e de “explorar novas áreas de cooperação, e não apenas as tradicionais”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.