Cerca de 4.500 migrantes resgatados hoje no Mediterrâneo Central

Internacional /
Imigrantes ilegais, Lampedusa

751 visualizações   

Cerca de 4.500 migrantes foram resgatados hoje do Mediterrâneo Central, segundo fontes da Guarda Costeira italiana, número que se soma aos 2.000 salvos na última sexta-feira.
 

 

As autoridades também informaram que quatro cadáveres foram localizados entre os migrantes amontoados em barcos.

Este sábado foi um dia movimentado em operações de resgate no Canal da Sicília, que separa a costa de África de Itália, com 33 operações.

A Guarda Costeira italiana, que coordena as operações, disse à agência Efe que os números ainda não são finais e que muitos navios que participam nessas operações ainda só avançam com estimativas.

A estes 4.500 imigrantes resgatados somam-se mais 2.074 migrantes resgatados na sexta-feira, quando foi também encontrado o cadáver de um adolescente de 16 anos.

De acordo com dados fornecidos pela fundação italiana ISMU, que estuda fenómenos migratórios, nos primeiros três meses deste ano chegaram a Itália 24.000 migrantes, sendo que 2.293 destes são menores não acompanhados.

Estes números representam um aumento de 30% nas chegadas de migrantes a Itália face ao mesmo período do ano passado.

O mês de março representou também um recorde, com 10.000 chegadas.