CDS-PP assume saúde como prioridade

CDS-PP assume saúde como prioridade

 

Lusa/AOonline   Regional   2 de Out de 2012, 16:58

O líder do CDS/Açores às eleições regionais de 14 de outubro, Artur Lima, voltou a reivindicar esta terça-feira um centro de radioterapia para a ilha Terceira, assumindo o setor da saúde como prioritário.

"Tenho pena de hoje não estar a visitar o Centro de Radioterapia dos Açores, que poderia estar a funcionar no novo hospital de Angra, não fosse a teimosia contra do Partido Socialista, que por razões absolutamente políticas não o quis fazer, desprezando o sofrimento dos doentes", frisou, acusando também o PSD de "negligência" nesta matéria.

O líder regional centrista, que é também cabeça de lista pela ilha Terceira às eleições regionais, falava aos jornalistas no final de uma visita ao Centro de Oncologia dos Açores, situado em Angra do Heroísmo, salientando que "a saúde é a prioridade absoluta do CDS para estas eleições".

Artur Lima frisou que "foi graças a uma proposta do CDS que este centro foi melhorado e ampliado", considerando "quem planeou o centro de radioterapia no Hospital da Ilha Terceira sabia que tinha o centro de oncologia dos Açores na ilha Terceira".

"O compromisso do Governo que está na Carta Regional de Saúde é um centro de radioterapia, não é um bunker", frisou, numa referência às instalações por equipar do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, apelando aos terceirenses para que penalizem "com violência" PS e PSD e aos açorianos para que premeiem o CDS, "pela sua luta".

O candidato centrista disse esperar "ainda ir a tempo de parar com essa loucura de esbanjamento de dinheiros públicos", salientando que está a ser "desprezado" um investimento de 2 milhões de euros num bunker no Hospital da Ilha Terceira.

"Acho que isso só se resolve se o CDS tiver muita força para se impor a todos esses lobbies, quer políticos, quer comerciais e quer até médicos", salientou, considerando que a centro de radioterapia não está instalado na Terceira "por uma questão centralista", por "teimosia política" e "por outros interesses que não os dos doentes".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.