Cavidades vulcânicas dos Açores reunidas em catálogo

Cavidades vulcânicas dos Açores reunidas em catálogo

 

Lusa/AO online   Regional   21 de Mai de 2015, 15:04

Nos Açores existem cerca de 270 cavidades vulcânicas conhecidas, embora nem todas visitáveis, cuja informação passa a estar reunida num catálogo em formato digital e bilingue a partir de sábado.

 

"Existe uma informação genérica que faz uma caracterização da importância desse tipo de habitats, não só das grutas e algares em si mas também da fauna e flora cavernícola que está associada", afirmou Manuel Paulino Costa, membro do Grupo de Trabalho para o Estudo do Património Espeleológico dos Açores (GESPEA), que elaborou o Catálogo das Cavidades Vulcânicas dos Açores.

A publicação, em formato 'e-book', que poderá ser consultada gratuitamente a partir da página na internet www.montanheiros.com será apresentada no sábado, no âmbito de um colóquio sobre o décimo aniversário da abertura da Gruta das Torres, na ilha do Pico.

Manuel Paulino Costa adiantou que o catálogo reúne uma série de informação que estava dispersa por várias entidades e numa base de dados de cariz científico, que não era de acesso livre, sobre as cavidades vulcânicas conhecidas nos Açores.

O Corvo é a únic adas nove ilhas dos Açores onde, até ao momento, não é conhecida qualquer gruta ou algar.

"Este é um processo dinâmico. Todos os anos estão a aparecer/descobrem-se mais grutas", referiu Manuel Paulino Costa, que também é diretor do Parque Natural do Pico.

Das cerca de 270 cavidades vulcânicas naturais (tubos de lava e algares vulcânicos) conhecidas, atualmente, nos Açores, nem todas são visitáveis ou estão abertas ao público em geral.

No arquipélago, a ilha do Pico é a que maior número de grutas possui, sendo atualmente conhecidas 81 cavidades vulcânicas.

"Além da Gruta das Torres, que está aberta ao público, [na ilha do Pico] existem outas que naturalmente são visitáveis, como a Furna d´Água e a Furna do Frei Matias", referiu Manuel Paulino Costa.

Das cavidades vulcânicas visitáveis nos Açores fazem, ainda, parte o Algar do Carvão, na Terceira, a Caldeira da Graciosa e Furna do Enxofre, também na Graciosa, já visitadas por reputados naturalistas e pelo príncipe Alberto I do Mónaco, e a Gruta do Carvão em S. Miguel, com 1.250 metros visitáveis em dois troços separados.

Manuel Paulino Costa revelou que durante o primeiro ano a ideia é estabilizar a versão eletrónica do catálogo, fazer melhoramentos e depois avançar para uma edição em papel.

O Catálogo das Cavidades Vulcânicas dos Açores foi elaborado pela GESPEA, um grupo de trabalho multidisciplinar criado pelo Governo dos Açores em 1998 a quem compete, entre outras coisas, propor medidas legislativas adequadas à proteção, conservação e valorização deste património natural.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.