Casal de namorados linchado por familiares na Índia

Casal de namorados linchado por familiares na Índia

 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Mai de 2015, 12:41

Uma adolescente indiana e o namorado mais velho foram linchados na Índia oriental e os corpos queimados por um grupo de familiares, num alegado "crime de honra", disse a polícia.

 

Parvati Devi, de 15 anos, e Jairam Manjhi, de 25, que já era casado com outra pessoa, foram atacados com paus e pedras, perante mais de 100 residentes de uma aldeia do estado de Bihar na quarta-feira, afirmou a polícia.

Manu Maharaj, chefe da polícia do distrito de Gaya, declarou que o casal foi apresentado, pela família da rapariga, a um conselho de anciãos, depois de terem fugido e serem encontrados numa aldeia vizinha.

Os familiares atacaram o casal quando recusaram concordar com a proposta do conselho para formalizarem a relação, disse Maharaj. Alguns membros da família foram detidos.

"Parece ser um crime de honra, que envolveu mais de 15 pessoas", disse.

A Índia tem um longo historial destes crimes - em que casais são assassinados pelas famílias ou comunidades por a relação não ser aprovada - especialmente nas zonas rurais.

Os crimes são perpetrados por familiares ou anciãos das aldeias para proteção do que é considerado a reputação ou orgulho da família.

A polícia no estado de Haryana (norte) não efetuou qualquer detenção no caso do homicídio de um jovem casal, cujos corpos nus foram encontrados no mês passado dentro de caixas de metal num parque.

Em 2011, o Supremo Tribunal indiano determinou que os condenados por "crimes de honra" incorrem na pena de morte.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.