Cáritas disponibiliza 150 mil euros para "necessidades mais urgentes"

Cáritas disponibiliza 150 mil euros para "necessidades mais urgentes"

 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Out de 2017, 13:14

A Cáritas Portuguesa manifestou hoje a sua “plena solidariedade” com as vítimas dos “terríveis incêndios” que lavram no país e disponibilizou 150 mil euros para as “necessidades mais urgentes” das pessoas e famílias afetadas.


A organização “disponibiliza, agora, dos seus próprios meios financeiros, a verba de 150 mil euros” que fica, “desde já, à disposição das Cáritas diocesanas para as necessidades mais urgentes das pessoas e famílias afetadas”, afirma a Cáritas num comunicado enviado à agência Lusa.

Manifesta ainda a “sua plena solidariedade com todas as vítimas dos terríveis incêndios que, desde a passada sexta-feira, estão ativos em todo o país, de forma particular aos familiares daqueles que já perderam a vida nesta tragédia que, mais uma vez, nos coloca a todos numa situação de profunda consternação”.

A Cáritas deixa também “uma palavra de solidariedade” para com os bombeiros e todos os outros operacionais no terreno que, “mais uma vez, de forma tão heroica são chamados a intervir para defender vidas e bens das populações”.

“Desejamos, profundamente, que cesse este tão grande flagelo nacional que já deixou um terrível rasto de morte e destruição com gravíssimas repercussões no imediato e para as gerações futuras; afirma o presidente da Cáritas em comunicado.

Para Eugénio Fonseca, é necessário que “se unam esforços para que se encontrem caminhos mais seguros em ordem à prevenção eficaz dos fogos florestais”, repensando, “o mais depressa possível” uma estratégia nacional.

“A Cáritas Portuguesa manifesta a sua disponibilidade para ser parte integrante na implementação dessa estratégia”, salientou o presidente da organização.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.