Candidato da CDU quer apoiar famílias carenciadas da Ribeira Grande

Candidato da CDU quer apoiar famílias carenciadas da Ribeira Grande

 

LUSA/AO online   Regional   14 de Jun de 2017, 19:33

O candidato da CDU à Câmara Municipal da Ribeira Grande apontou hoje como uma das suas 'bandeiras' desenvolver uma política de apoio às famílias mais carenciadas do concelho, face ao grau de dificuldades com que são confrontadas

João Gomes, de 57 anos, comerciante e residente na freguesia do Pico da Pedra, apresentou hoje oficialmente a sua recandidatura e referiu que o grau de dificuldade das famílias carenciadas é de tal dimensão que “muitos agregados não têm hipótese de pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI)”.

O membro do PCP/Açores e da Comissão da Ribeira Grande da CDU adiantou que existem muitos reformados que “deixam de comprar o essencial, que são os medicamentos, para poderem pagar o IMI”.

O militante comunista apontou a necessidade de o município estar mais próximo das pessoas para "combater a pobreza envergonhada" que existe no concelho, um trabalho que afirma não estar a ser desenvolvido.

O candidato quer combater também o desemprego no concelho, uma vez que “há muitas pessoas desempregadas”, manifestando a sua "satisfação pelo facto de a proximidade de eleições estar a permitir lançar uma série de obras".

“Queremos estar o mais próximo possível da população mais carenciada para resolver os problemas com que as pessoas se confrontam”, disse João Gomes.

O militante comunista defendeu a necessidade de o Governo dos Açores desenvolver várias obras no concelho, uma vez que a Câmara Municipal da Ribeira Grande “não tem disponibilidade financeira para as realizar”, e deu como exemplo a zona balnear da Ribeirinha e a requalificação da orla costeira das Calhetas até Rabo de Peixe, a par do acesso da Lomba da Maia.

“São obras que pertencem ao Governo dos Açores e, como há divergências entre a Câmara Municipal da Ribeira Grande [presidida pelo PSD] e o executivo [regional, do PS], estas estão a demorar”, referiu o candidato.

João Gomes considera que a concretização destas obras é de “importância acrescida”, uma vez que se está a apostar fortemente no turismo, havendo que “arrumar a casa” e investir em trilhos e na recuperação dos museus.

O militante defendeu ainda a necessidade de revitalização da exploração comercial da água das Lombadas.

Além da recandidatura de Alexandre Gaudêncio pelo PSD (atual presidente da município), e de João Gomes pela CDU, o PS avança com Fernando Sousa nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Nas eleições autárquicas de 2013, o PSD venceu com 52,6% dos votos expressos, o PS obteve 39,91%, o Bloco de Esquerda 3,2% e a CDU 1,4%, resultado que se traduziu em quatro eleitos para os social-democratas e três para os socialistas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.