Câmara da Horta quer reunião urgente para esclarecer "dúvidas" sobre obra no porto

Câmara da Horta quer reunião urgente para esclarecer "dúvidas" sobre obra no porto

 

Lusa/AO Online   Regional   4 de Jan de 2017, 17:44

O presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo, anunciou hoje que vai solicitar uma reunião "com caráter de urgência" à empresa pública Portos dos Açores, para esclarecer "dúvidas" sobre o projeto de reabilitação do porto do concelho.

Em declarações aos jornalistas, após uma reunião com um grupo de empresários locais, o autarca socialista adiantou que pretende ser esclarecido sobre a intervenção prevista pelo Governo Regional dos Açores (PS) para o porto comercial, que tem gerado críticas por parte da Câmara do Comércio e Indústria da Horta e dos deputados do PSD à Assembleia Legislativa dos Açores.

"Irei solicitar uma reunião com caráter de urgência à Portos dos Açores para esclarecer estes pontos", disse o presidente do município, referindo-se à prevista construção de dois pontões em betão, no interior do porto, destinados a reduzir a agitação marítima na zona das pescas e da marina.

O autarca lembrou que a baía da Horta está incluída no grupo das mais belas baías do mundo e que o seu porto "histórico" deve ser alvo de intervenção sem que isso possa limitar o seu futuro.

"Todo o investimento é muito bem-vindo. Não podemos é investir e depois quartar o futuro", advertiu José Leonardo Silva, sem querer assumir, no entanto, uma crítica direta ao projeto de reabilitação do porto, orçado em 14 milhões de euros.

O presidente da Câmara da Horta pretende, para já, ser esclarecido pelo conselho de administração da empresa pública sobre a intervenção, mas caso não fique satisfeito com as explicações poderá endurecer o discurso.

"Se a Câmara Municipal verificar que este projeto não corresponde aos nossos anseios, claro que nós iremos dar uma resposta nesse sentido", prometeu.

Postura diferente tiveram os deputados do PS eleitos pela ilha do Faial, que se reuniram recentemente com a empresa Portos dos Açores, mas à saída elogiaram a intervenção prevista no porto da Horta, apesar das críticas que o projeto tem suscitado.

A obra de reabilitação do porto da Horta, orçada em 14 milhões de euros, prevê intervenções na área comercial, na área das pescas e na área das empresas marítima-turísticas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.