Câmara açoriana da Ribeira Grande inaugura centro municipal de marcha e corrida

Câmara açoriana da Ribeira Grande inaugura centro municipal de marcha e corrida

 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Fev de 2016, 12:20

A Câmara da Ribeira Grande inaugura no sábado o primeiro centro municipal de marcha e corrida dos Açores, um projeto de âmbito nacional que visa apoiar as pessoas que praticam exercício físico ao ar livre.

“Trata-se do primeiro centro do género a ser inaugurado nos Açores no âmbito do programa nacional de marcha e corrida, que vai funcionar no pavilhão municipal às segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 18:30 e as 19:30 (mais uma hora em Lisboa)”, afirmou à Lusa o vereador do Desporto, Filipe Jorge, acrescentando que a inscrição é gratuita, mas pressupõe o pagamento de um seguro desportivo anual no valor de dez euros.

Mobilizar a população para a prática de atividade física, contribuir para o aumento do número de praticantes de marcha e corrida, e estimular um estilo de vida saudável são objetivos do Programa Nacional de Marcha e Corrida, criado em 2009 e que conta já em todo o país com 38 mil participantes, 200 técnicos desportivos e 60 centros municipais, lê-se na página da Internet desta iniciativa.

O coordenador nacional do programa, Pedro Rocha, adiantou à Lusa que a inauguração do centro da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, corresponde “a mais um passo” no crescimento do programa, "com simbolismo", dado ser o primeiro a funcionar fora do território continental.

“Na Madeira tem havido conversas, mas ainda não temos nada previsto para inaugurar”, afirmou Pedro Rocha, explicando que este programa resulta da parceria entre a Federação Portuguesa de Atletismo e do Instituto Português do Desporto e Juventude.

O vereador do Desporto da Câmara da Ribeira Grande revelou ainda que o centro municipal vai contar com dois técnicos, licenciados em Educação Física, para efetuar a avaliação dos níveis da condição física dos interessados e propor aconselhamentos para os treinos.

“O centro dá o seu pontapé de saída, digamos assim, com a corrida da mulher que vai decorrer no dia 06 de março”, disse Filipe Jorge, acrescentando que estão previstas iniciativas descentralizadas em várias freguesias do concelho e definidos circuitos, com diferentes intensidades, na cidade.

O investimento realizado para concretizar o centro municipal de marcha e corrida não foi revelado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.