Bruxelas propõe reforço no orçamento 2016 para refugiados e agricultores

Bruxelas propõe reforço no orçamento 2016 para refugiados e agricultores

 

Lusa/AO online   Economia   14 de Out de 2015, 11:15

A Comissão Europeia reviu hoje em alta de 2,4 mil milhões de euros a proposta de orçamento para 2016 para fazer face à crise dos refugiados e aumentar o apoio aos agricultores.

 

Da verba extra de 2,4 mil milhões hoje proposta, 1,68 mil milhões destinam-se a aumentar, em 2016 o apoio para os Estados-membros lidarem com a crise de refugiados.

Desta verba, 150 milhões serão disponibilizados através da reserva para ajuda de emergência no início do próximo ano.

Ao mesmo tempo, o executivo comunitário propõe um apoio adicional de emergência de 700 milhões de euros para os agricultores.

Com esta alteração, a proposta de orçamento para 2016 passa para os 144,4 mil milhões na rubrica de pagamentos, que compara com 143,5 mil milhões anunciados em maio.

Estas alterações deverão ser aprovadas pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho da União Europeia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.