SATA Rallye Açores 2010

Bruno Magalhães lidera mas perde tempo precioso

Carregando o video...

 

Arthur Melo/Francisco Veloso   Motores   16 de Jul de 2010, 21:26

Um furo na ligação obrigou a substituir a roda que não deveria estar nas melhores condições. Magalhães perdeu, num ápice, cerca de sete segundos para Hanninen

O tri-campeão nacional de ralis Bruno Magalhães lidera o SATA Rallye Açores após a conclusão da primeira etapa.
O piloto do Peugeot 207 S2000 assumiu a liderança no primeiro troço de sexta-feira (Batalha Golfe 1), conquistando preciosa vantagem ao longo do dia.
O vencedor da prova em 2008 chegou a ter um avanço de 13s3 para o segundo classificado.
Todavia, Magalhães acabou por perdê-lo, depois de um furo na ligação para o último troço do dia (Lomba da Maia) obrigar o piloto a mudar de pneu que, por não se encontrar nas melhores condições, atrasou-o na especial, o que fê-lo perder segundos preciosos para a armada checa da Skoda. 
Bruno Magalhães foi também o melhor português no final do segundo dia de competição e garantiu já alguns pontos para o campeonato nacional que poderão ser acrescidos com o bónus se conseguir terminar em igual posição no final do rali.
Bernardo Sousa, pelo seu lado, cimentou a sua posição de líder incontestado do campeonato nacional ao terminar na frente do reduzido pelotão dos pilotos que têm cumprido todo o calendário. 
Em grande esteve Ricardo Moura que recuperou até ao terceiro lugar entre os portugueses e ganhou o dia na Produção.

 

Leia esta reportagem na íntegra na edição impressa  do jornal Açoriano Oriental, do dia 17 de Julho de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.