Bombeiros da Guarda apelam à ajuda da população


 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Out de 2017, 08:29

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda (BVG), Paulo Sequeira, apelou hoje à população para que colabore ativamente no combate aos vários incêndios que se registam no concelho da Guarda.


Paulo Sequeira disse à agência Lusa, cerca das 09:00, que os "voluntários" são insuficientes para acudir às várias situações, daí que peça aos habitantes que colaborem ao "máximo" nas ações de combate às chamas.

"Cada um [deve] defender as suas coisas e ajudar o vizinho a defender as suas coisas, porque senão, não temos hipóteses", disse Paulo Sequeira.

O comandante explicou que os incêndios rurais estão a ser combatidos apenas com os meios dos BVG "e com o apoio dos vizinhos [bombeiros] do concelho [Gonçalo e Famalicão da Serra]", por isso, "é necessário que o povo se una em redor das casas e do seu cultivo, para fazer face a isto e ajudar".

"Não temos meios suficientes que cheguem a todo o lado. Nem para um terço, quanto mais a todo o lado", acrescentou.

Segundo a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), no concelho da Guarda estavam hoje de manhã ativos incêndios que começaram nas zonas de Benespera e Ramela, Pousade e Albardo, que estavam a ser combatidos por 100 homens e 23 viaturas.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.