Bombardeamento contra maternidade faz dois mortos e fere bebés em incubadoras

Bombardeamento contra maternidade faz dois mortos e fere bebés em incubadoras

 

Lusa/AO Online   Internacional   30 de Jul de 2016, 11:05

O bombardeamento contra a maternidade, apoiada pela organização

Em comunicado, citado hoje pelas agências internacionais de notícias, a organização não-governamental indicou que o bombardeamento, na sexta-feira, atingiu a entrada do hospital materno-infantil situado na província de Idleb (noroeste).

O bombardeamento provocou a morte de duas pessoas. Entre os feridos encontram-se vários bebés, cujas incubadoras caíram durante o ataque aéreo, uma mulher grávida de seis meses e também pessoal do centro médico.

Este hospital atende cerca de 1.300 mulheres e realiza uns 300 partos por mês. Mais de 60% dos doentes são mães e 39% são crianças.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.