Bento XVI volta a condenar abuso sexual de crianças por padres


 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Fev de 2010, 17:07

O Papa Bento XVI voltou esta segunda-feira a condenar o abuso de crianças por padres, numa altura em que finaliza uma carta pastoral aos fiéis irlandeses na sequência do escândalo de pedofilia que levou à demissão de quatro bispos.
Num encontro no Vaticano com membros do Conselho Pontifício para a Família, Bento XVI afirmou que a Igreja Católica mostrou ao longo dos séculos o seu compromisso para com o amor e o respeito que é devido às crianças e para com a necessidade de assegurar o respeito pelos seus direitos fundamentais.

"Infelizmente, em alguns casos, alguns dos seus membros, agindo em contraste com este compromisso, violaram esses direitos, um comportamento que a Igreja lamentou e condenou e nunca deixará de o fazer", disse o papa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.