BBC afasta diretor do "Newsnight" devido a escândalo sexual de Savile

BBC afasta diretor do "Newsnight" devido a escândalo sexual de Savile

 

Lusa/AO online   Internacional   22 de Out de 2012, 15:09

O diretor do programa "Newsnight", Peter Rippon, foi afastado do cargo enquanto a BBC analisa o modo como geriu o caso do alegado abuso de menores de um popular apresentador já falecido que o programa decidiu não abordar.

A televisão pública britânica está no centro da polémica devido à sua “resposta” ao escândalo de abusos sexuais do apresentador Jimmy Savile, que terá durado quatro décadas e que tem sido acusada de encobrir.

No passado dia 3 de outubro, o canal britânico ITV divulgou um documentário em que várias mulheres revelavam terem sido abusadas por Savile quando eram adolescentes.

A controvérsia surgiu quando se soube que a BBC tinha decidido não emitir em dezembro de 2011, dois meses após a morte do apresentador, aos 84 anos, um documentário filmado para o “Newsnight” em que 10 testemunhas acusam Savile de abuso sexual.

Peter Rippon, que dirigia o programa quando foi decidida a não emissão do documentário, alegou “motivos editoriais”.

Num comunicado divulgado hoje, a BBC anuncia que Rippon fica afastado do cargo com efeitos imediatos “enquanto Nick Pollard, ex-responsável do canal Sky News, vai analisar o modo como foi feita a gestão da investigação do ‘Newsnight’”.

O programa de investigação “Panorama” da BBC emite hoje uma edição especial sobre o caso, com declarações do produtor Meirion Jones, que trabalhava para Rippon quando foi decidido não divulgar o documentário.

A polícia já abriu uma investigação sobre o caso que envolverá Savile e outras pessoas, tendo sido identificadas 200 potenciais vítimas.

Savile, conhecido por programas como "Top of the Pops" e "Jim'll Fix It", terá abusado sexualmente de mais de 20 raparigas menores – entre os 13 e os 16 anos - ao longo de 40 anos, segundo a polícia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.