Atentados de Paris foram os mais graves em 30 anos

Atentados de Paris foram os mais graves em 30 anos

 

Lusa / AO online   Internacional   13 de Nov de 2015, 23:03

O atentado que ocorreu sexta-feira noite em Paris, que provocou mais de 100 mortos e vários feridos, foi o maior ocorrido em França nas últimas décadas.

 

Em janeiro, 17 pessoas foram mortas em três atentados jiadistas na zona da capital francesa: 12 num ataque contra o jornal satírico "Charlie Hebdo", um polícia municipal e quatro reféns num supermercado judeu. Os três atacantes foram abatidos pela polícia.

Na contabilidade feita pela agência noticiosa EFE, desde as décadas de 1980 que não se registavam tantos mortos num ataque terrorista.

Cronologia dos atentados mais importantes perpetrados em França nos últimos trinta anos:

1982

29 de março - Atentado contra um comboio na linha Paris-Toulouse, no qual morreram cinco pessoas, numa ação atribuída à Organização da Luta Armada Árabe, ligada ao terrorista conhecido como "Carlos" e "Chacal".

09 de agosto - Um comando árabe mata seis clientes no restaurante "Goldenberg", localizado no bairro judeu de Paris.

1983

15 de julho - Oito mortos e 56 feridos num ataque bombista no aeroporto de Orly, perpetrado por um grupo arménio, contra as linhas aéreas turcas.

31 de dezembro - Uma bomba na estação ferroviária de Saint Charles, em Marselha, e um outro engenho num comboio de alta velocidade, perto de Drome, matam cinco pessoas, numa ação que atribuída à Organização da Luta Armada Árabe.

1985

29 de março -- Dezoito feridos num cinema de Paris, durante um festival de filmes judeus e que terá sido levado a cabo pelo movimento Jihad Islâmico.

1986

17 de setembro -- A explosão de uma bomba nos armazéns Tati de Paris faz sete mortos, numa ação reivindicada pelo Comité de Solidariedade com os Presos Políticos Árabes e do Médio Oriente, a quem tinham sido atribuída a autoria de outros quatro atentados em Paris que tinham causado três mortos.

1995

25 de julho - Um artefacto explosivo explode na estação de metro parisiense Saint Michel e mata oito pessoas e 117 feridos, num ataque atribuído a integristas argelinos.

1996

03 de dezembro -- Quatro mortos e 93 feridos na explosão de uma bomba na estação de metro de Paris Port Royal que foi reivindicada por integristas argelinos.

2012

19 de março -- Um tiroteio mata três crianças e o pai de uma delas num colégio judeu de Toulouse pela mesma pessoas que uns dias antes tinha assinados três paraquedistas de origem magrebina.

2015

07, 08 e 09 de janeiro - Um total de 17 pessoas morrem em três atentados jihadistas em Paris: 12 num ataque ao jornal satírico "Charlie Hebdo", um polícia municipal e quatro reféns num supermercado judeu. Os três autores do ataque foram abatidos pela polícia.

26 junho - Yassin Salhi mata e decapita o seu chefe Hervé Cornara, perto de Lyon. Logo de seguida tenta fazer explodir a fábrica da Air Products, em Saint-Quentin-Fallavier, centro-leste do país.

13 de novembro - Mais de 100 pessoas mortas e numerosos feridos em vários ataques coordenados em Paris.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.