Associação Amigos dos Açores concorda com limite a apoio a espetáculos com animais


 

Lusa/AO online   Regional   30 de Jun de 2016, 18:02

A Associação Amigos dos Açores congratulou-se com a iniciativa legislativa do Bloco de Esquerda (BE) que condiciona o apoio institucional à realização de espetáculos que infligem sofrimento ou provoquem a morte de animais.

 

"É uma iniciativa que nos parece, no plano geral, de louvar. É uma iniciativa que tem a nossa concordância, mas que tem algumas questões que, naturalmente, é necessário balizar", afirmou o presidente da Associação Amigos dos Açores, Diogo Caetano, em Ponta Delgada, na delegação do parlamento açoriano.

O dirigente daquela associação ambientalista foi hoje ouvido na Comissão Permanente de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa Regional no âmbito da análise ao projeto de decreto legislativo do BE que quer condicionar o apoio institucional à realização de espetáculos com fins comerciais, beneméritos ou desportivos que impliquem sofrimento físico ou psíquicos de animais ou provoquem a sua morte

O dirigente da Associação Amigos dos Açores defendeu que "deve deixar de haver apoio a atividades que infligem dor sobre os animais".

"Certamente, com esse apoio que venha a ser reduzido, o sofrimento animal será reduzido também", declarou Diogo Caetano, questionando o facto de muitas vezes se alegar o impacto económico destas atividades para a sua realização.

No seu entender, esta proposta de decreto legislativo regional "tem algum simbolismo", acrescentando que a iniciativa do BE, independentemente de aprovação ou não, "pode marcar alguma nova discussão sobre o sofrimento animal relacionado com o espetáculo para divertimento do ser humano".

Em maio, o secretário regional da Educação dos Açores, Avelino Meneses, garantiu que durante a atual legislatura não apoiou diretamente nenhum espetáculo tauromáquico e rejeitou uma eventual alteração legislativa neste domínio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.