Artur Lima reage a acusações de Vasco Cordeiro

 Artur Lima reage a acusações de Vasco Cordeiro

 

Lusa/AO online   Regional   11 de Out de 2016, 17:04

O cabeça de lista do CDS-PP pela ilha Terceira nas eleições legislativas regionais de domingo devolveu a acusação de Vasco Cordeiro (PS), de não se poder contar com os centristas para uma solução relativa à gestão do mar.

 

Artur Lima, que lidera os centristas nos Açores, acusou Vasco Cordeiro e os socialistas de terem "desprezado e desvalorizado o mar", no âmbito de uma ação de campanha na cidade de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira.

O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, dissera na noite de domingo que não se pode contar com o CDS-PP para construir uma solução relativa à gestão do mar, reafirmando que nesta matéria o Governo de coligação PSD/CDS-PP fez "um dos maiores atentados à autonomia".

"Há algo que é muito claro, que fica muito claro em toda esta situação. Não se pode contar com o CDS para construir uma solução que respeite os direitos do povo açoriano a decidir sobre o seu mar", afirmou Vasco Cordeiro, num jantar comício no concelho das Lajes do Pico.

Artur Lima, citado numa nota de imprensa do partido, referiu que Vasco Cordeiro e o PS "desvalorizaram o mar e serviram-se dele apenas para fazer pura guerrilha política com o Governo da República", acrescentando que "prejudicaram os pescadores e as suas famílias e os empresários interessados em investir a economia azul".

O dirigente centrista afirmou que Vasco Cordeiro e o seu partido "não conseguiram garantir a quota de goraz" para a pesca açoriana, "nem apresentaram" o estudo que aprovaram para se verificar da viabilidade de um avião mini cargueiro, visando "melhorar o escoamento dos produtos da pesca, nomeadamente das ilhas sem ligações diretas ao exterior".

Artur Lima acusou ainda os socialistas de "não preservaram nem potenciaram o património arqueológico subaquático existente nos Açores", servindo-se do mar "apenas para fazer pura guerrilha política com o Governo da República".

O também deputado no parlamento dos Açores, na anterior legislatura, lembrou que o CDS-PP apresentou, em plenário, um projeto de resolução que visava a criação de uma comissão para identificar as competências da região na gestão partilhada do mar dos Açores, tendo o PS chumbado esta iniciativa que "clarificaria todas as nossas competências e que evitaria guerrilhas com a República".

"Agora vem falar em competências... em definir competências? Só pode estar a brincar com o mar e com quem dele tira rendimento", disse Artur Lima.

O presidente dos centristas dos Açores referiu que os pescadores açorianos e os empresários que queiram investir na economia azul "têm de saber que foi o PS que não quis definir competências, foi o PS que desvalorizou e desprezou o mar dos Açores".

Artur Lima exemplificou que o CDS-PP, "desde há anos, apresenta propostas" para implementar a aquacultura nos Açores, visando valorizar as pescas e o mar.

"Vasco Cordeiro, o seu Governo e a sua maioria absoluta chumbaram-nas sempre", afirmou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.