"Aprendi que se quisesse ser ouvida teria de ir de calças e blazer" (com vídeo)

Carregando o video...

 

Rodrigo Tavares   Regional   8 de Mar de 2017, 14:50

Assinala-se hoje o Dia Internacional da Mulher, instituído pelas Nações Unidas em 1975. A luta pela igualdade de género, no entanto, começou muito antes, em finais do século XIX, quando as ruas enchiam-se de mulheres a protestar contra os salários baixos e pelas 15 horas de trabalho.

O Açoriano Oriental juntou três mulheres de gerações diferentes, para assinalar o dia, que em comum têm o papel preponderante que exercem no mundo dos negócios em São Miguel.

 

Leia a reportagem na íntegra no Açoriano Oriental desta quarta-feira


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.