António Costa "sereno" com reunião extraordinária da UE


 

Lusa/AO Online   Economia   5 de Fev de 2016, 09:19

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje estar sereno com a reunião extraordinária do colégio de comissários que irá tomar uma decisão sobre o esboço do Orçamento do Estado português para 2016.

“Estou sereno. Agora é aguardar”, disse António Costa, que falava aos jornalistas à margem da feira da agricultura em Berlim, garantindo que o trabalho que o governo fez “está feito, agora é altura da Comissão e parlamento o apreciarem”.

António Costa garantiu ainda que o orçamento foi aprovado “por unanimidade e aclamação”.

O colégio de comissários reúne-se hoje extraordinariamente às 14:00 locais (13:00 de Lisboa), para tomar uma decisão sobre o esboço de OE2016 português.

No encontro, o colégio da 'Comissão Juncker' irá decidir se o projeto de plano orçamental português para 2016 acarreta “incumprimentos particularmente graves” do Pacto de Estabilidade e Crescimento, determinando assim se o Governo precisa ou não de apresentar um documento revisto.

Rodeado de produtores de fruta, legumes e flores portugueses, António Costa admitiu esperar que a reunião do executivo comunitário “dê frutos”.

Na agenda do primeiro-ministro português segue-se um almoço de trabalho com a chanceler da República Federal da Alemanha, Angela Merkel, estando em cima da mesa assuntos europeus.

António Costa frisou aos jornalistas que o encontro se irá centrar na crise dos refugiados e ainda no referendo de permanência ou não do Reino Unido na União Europeia, o denominado “Brexit”.

“Portugal tem o direito de ser solidário no esforço da vigilância das fronteias externas. Estamos dispostos a ajudar a Alemanha no esforço que há a enfrentar”, adiantou.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.