Alunos com apoio social nos Açores representam 65% do total

Alunos com apoio social nos Açores representam 65% do total

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Out de 2014, 18:29

O secretário regional da Educação dos Açores revelou hoje que 65% dos alunos das escolas da região têm apoios sociais e avançou que apresentará nova legislação para a ação social escolar dentro de "poucos meses".

Avelino Meneses, que respondia a perguntas dos deputados no plenário do parlamento dos Açores, disse que o número de alunos com apoios sociais tem aumentado desde o ano letivo de 2011/2012, quando os estudantes abrangidos eram 24.668 (58% do total).

Desde então, o número aumentou sempre, revelou, até chegar aos 26.615 do ano letivo que começou em setembro.

Este é ainda um dado provisório, que representa 65% de todos os alunos das escolas públicas açorianas, disse Avelino Meneses.

Ainda segundo o secretário regional da Educação, há escolas em que mais de 90% dos alunos têm apoio social. Como exemplo, apontou o caso da escola de Ponta Garça, Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.

Avelino Meneses reconheceu que este "acréscimo" do número de estudantes que beneficiam de ação social escolar pode ter muitas interpretações.

"Mas uma delas, penso que também justa e correta, é que demonstra a capacidade que evidenciamos para responder a todas as dificuldades", afirmou, acrescentando que "estranho seria que as dificuldades aumentassem", dada a conjuntura atual, e os apoios "fossem sendo reduzidos".

Avelino Meneses prometeu ainda que dentro de "poucos meses" apresentará um novo diploma para regular a ação social escolar nos Açores, o qual vai juntar muita legislação atualmente dispersa.

Outro mérito da nova legislação, considerou, é que será uma "oportunidade para ponderar globalmente a problemática" da ação social escolar numa "conjuntura relativamente adversa".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.