Política

Alegre ataca Cavaco e garante nunca ter dito à PIDE que tinha "bom comportamento”

Alegre ataca Cavaco e garante nunca ter dito à PIDE que tinha "bom comportamento”

 

Lusa/AO online   Nacional   12 de Dez de 2010, 18:08

Manuel Alegre defendeu hoje que as próximas eleições presidenciais são “porventura as mais importantes desde o 25 de abril” e criticou diretamente Cavaco Silva, afirmando nunca ter dado “o nome à PIDE a dizer que tinha bom comportamento”.

“Querem fazer-nos crer que Cavaco Silva já está eleito, não está, porque em eleições democráticas não há vencedores antecipados, não há coroações. Eu nunca fui dar o meu nome à PIDE a dizer que tinha bom comportamento, eu sou um resistente à ditadura, fui um combatente pela democracia, de todas as horas e de todos os tempos”, afirmou Manuel Alegre, numa crítica ao seu adversário. O candidato à Presidência da República apoiado pelo PS e pelo BE, que discursava em Lisboa, durante o lançamento do “Movimento Já”, um movimento de jovens de apoio à sua campanha presidencial, referia-se a um artigo publicado há semana pela revista “Sábado” onde se revelava um "formulário pessoal pormenorizado" para a PIDE preenchido por Cavaco Silva durante o Estado Novo, onde se lê "integrado no atual regime político” no que respeitava à sua "posição e atividades políticas". Aníbal Cavaco Silva, Presidente da República, recandidata-se ao cargo nas eleições de janeiro próximo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.