Ajuda para cerca de nove milhões de crianças sírias está ameaçada

Ajuda para cerca de nove milhões de crianças sírias está ameaçada

 

Lusa/Açoriano Oriental   Internacional   16 de Jun de 2017, 17:39

A crítica escassez de financiamento está a ameaçar a ajuda a nove milhões de crianças sírias, quer no país quer as que estão refugiadas nos países vizinhos, anunciou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

 

“Sem novos fundos, algumas atividades essenciais estão em sério risco de serem cortadas, com graves consequências para as crianças”, acrescentou a UNICEF.

Aquela agência da ONU disse ainda que faltam 220 milhões de dólares (196,5 milhões de euros) para preencher a verba total de 1,4 mil milhões de dólares (1,250 mil milhões de euros) que pediu em 2017 para financiar os seus programas de assistência na Síria.

A UNICEF adiantou que cerca de seis milhões de crianças síria precisam de assistência e outras 2,5 milhões também necessitam de serem apoiadas nos países vizinhos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.