Euro/Crise

Ajuda à Irlanda vai atenuar "dinâmica de contágio"

Ajuda à Irlanda vai atenuar "dinâmica de contágio"

 

Lusa/AO online   Economia   22 de Nov de 2010, 09:47

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, disse esta segunda-feira acreditar que activação do plano de auxílio da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional à Irlanda ajude a atenuar o “efeito de contágio” a outras economias, designadamente à portuguesa.
“Sim, é sem dúvida uma boa decisão”, começou por dizer Amado, em Bruxelas, à entrada de uma reunião de chefes de diplomacia da UE, quando questionado sobre o anúncio da ajuda à Irlanda, que considerou uma decisão “muito esperada, com alguma ansiedade mesmo, nalguns círculos financeiros”.

Para o ministro, “a situação da Irlanda, como tem sido dito e redito, é bem diferente da situação portuguesa, mas a dinâmica de contágio que a situação irlandesa colocava aos mercados dos países periféricos, e em particular à dívida soberana dos países periféricos, não deixava de constituir um factor de risco”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.