Ahmadinejad quer falar "cara a cara" com Obama


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Ago de 2010, 11:15

O presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, propôs esta segunda-feira um diálogo «cara a cara» com o homólogo norte-americano, Barack Obama, para falar de «questões mundiais», num discurso difundido pela televisão pública.
“Devo deslocar-me em Setembro a Nova Iorque para participar na Assembleia-geral das Nações Unidas. Estou pronto para me sentar com Obama, cara a cara, de homem para homem, para falar livremente de questões mundiais à frente dos 'media' para ver a solução que é melhor”, declarou Ahmadinejad, por ocasião de um congresso de iranianos residentes no estrangeiro.

«O governo norte-americano declarou recentemente que estava pronto a dialogar. Muito bem. Nós estamos prontos a dialogar (...). Somos a favor do diálogo, mas de maneira lógica», acrescentou numa referência ao conflito que opõe os ocidentais ao Irão sobre o programa nuclear iraniano.

«Mas se pensam que devemos aceitar tudo aquilo que dizem, isso não acontecerá», acrescentou numa mensagem aos países ocidentais, incapazes «de perceber que os dados mudaram (de mãos) no mundo».

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.