Justiça

Adiada leitura da sentença de julgamento de Mário Machado


 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Ago de 2010, 18:44

O Tribunal de Loures adiou esta sexta-feira a leitura do acórdão do julgamento que envolve Mário Machado, dirigente da Frente Nacional, e mais sete arguidos, acusados dos crimes de associação criminosa, sequestro, roubo, coação, posse ilegal de armas de fogo e ofensas à integridade física.
A leitura do acórdão - agora marcada para o dia 17 de Agosto, às 14:00 - foi adiada porque a defesa apresentou requerimento para análise do despacho da juíza Susana Fontinha de alteração substancial da qualificação jurídica dos factos.

É a segunda vez que a 1.ª Vara Mista do Tribunal de Loures neste julgamento adia a sentença, que esteve inicialmente marcada para 30 de Junho, depois foi adiada para hoje, conhecendo agora nova data.

Nas alegações finais, a procuradora pediu a absolvição da prática de associação criminosa imputada aos arguidos, mas considerou terem sido provados os factos relacionados com os crimes de sequestro, roubo, coação, posse ilegal de armas de fogo e ofensas corporais.

Por isso, a magistrada pediu a condenação dos arguidos, entre os quais Mário Machado, líder dos Hammerskins Portugal, movimento conotado com a extrema-direita.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.