Açores promovem iniciativas para ampliar conhecimento sobre União Europeia

Açores promovem iniciativas para ampliar conhecimento sobre União Europeia

 

Lusa/AOOnline   Regional   6 de Mar de 2017, 17:40

Conferências, jogos e contos são algumas das iniciativas que o Governo Regional dos Açores vai promover para ampliar o conhecimento sobre a União Europeia, com destaque para a cidadania, foi hoje anunciado.

 

“Trata-se de um programa inédito dividido em seis eixos de ação, que se propõe trabalhar com uma população alargada, com o propósito de ampliar o conhecimento dos açorianos sobre os valores que estão na base da criação da União Europeia”, afirmou o secretário regional adjunto da Presidência para as Relações Externas, Rui Bettencourt, na apresentação do projeto em Ponta Delgada, com a presença dos secretários da Educação e dos Assuntos Parlamentares.

Denominado “Cidadania Europeia – Europa para os açorianos”, o programa visa também mostrar junto das instâncias europeias, como a Comissão Europeia ou o Comité das Regiões, que os Açores “estão disponíveis e preparados para contribuir, participar ou liderar a construção da Europa do futuro”.

“Muitas das dificuldades atuais do projeto europeu vêm de alguma incompreensão do que é a Europa, do que fazem e dizem os políticos europeus, de um distanciamento que alguns decisores europeus podem ter”, considerou Rui Bettencourt, frisando que os Açores são uma região relevante no palco europeu, pois representam 18% do mar europeu.

Para assinalar os 60 anos do Tratado de Roma e os 25 do Tratado de Maastricht, o arquipélago vai ser palco de várias conferências, sobre o mar ou a ultraperiferia, a primeira das quais no dia 24, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, sobre o futuro da Europa.

Rui Bettencourt referiu que estão também previstas ações formativas e artísticas em contexto escolar, abrangendo todos os níveis de ensino.

Já na terça-feira tem início o projeto “Sou E.U.”, um jogo que testa os conhecimentos sobre a Europa, abrangendo alunos do 4.º ano do 1.º ciclo.

Está igualmente previsto nas diferentes bibliotecas públicas da região contos de histórias sobre países europeus, dirigidas ao público escolar, sénior e famílias.

O governante açoriano adiantou que em 2018 está previsto abrir um polo do Centro de Informação Europeia, onde o público disporá de um acervo relacionado com a história, economia, política, sociedade, educação e cultura europeias, destacando a itinerância dos recursos didáticos e a difusão de iniciativas.

Rui Bettencourt informou que este ano a comemoração do Dia da Europa, a 09 de maio, decorrerá ao longo de nove dias e inclui um concurso multimédia destinado a alunos do secundário e de escolas profissionais, criação da Rua da Europa em vários concelhos decorada com bandeiras de todos os Estados-membros e criação de um mural na ilha do Corvo com o rosto de Jacques Delors, que foi presidente da Comissão Europeia entre 1985 e 1995, e de um corvino.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.