Açores com campanha de sensibilização junto da população sobre a área agrícola

Açores com campanha de sensibilização junto da população sobre a área agrícola

 

Lusa/AO online   Regional   5 de Mar de 2018, 14:01

O Governo dos Açores inicia na terça-feira a exibição de cinco vídeos para sensibilizar a população sobre temáticas relacionadas com o controlo de roedores, proteção do bem-estar animal, consumo de produtos hortícolas e leite e aplicação de fitofarmacêuticos.

“São pequenos vídeos que abordam a natureza açoriana, a nossa qualidade de vida e também o contributo que cada um pode dar neste sentido, seja no que se refere ao controlo de roedores ou nas questões do bem-estar animal”, afirmou hoje o secretário regional da Agricultura e Florestas.

João Ponte falava em conferência de imprensa, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, na apresentação da campanha de sensibilização à população, acrescentando que, independentemente do quadro legal e das políticas do Governo Regional, cada residente no arquipélago "é chamado a contribuir" em matérias importantes para "uma região mais desenvolvida e mais cuidada".

Os cinco filmes, com a duração até 1 minuto e 20 segundos, foram realizados durante o ano passado e começam a ser exibidos na RTP/Açores a partir de terça-feira e ainda nas redes sociais e no portal do Governo dos Açores.

O titular da pasta da Agricultura explicou que "cada filme será exibido durante um mês, no prazo de cinco meses", com o propósito de fazer chegar esta campanha "ao maior número possível de pessoas".

Estes vídeos têm como enquadramento geral a referência à elevada qualidade de vidas dos Açores, apelando à preservação destes valores e identidade açoriana.

“São vídeos que apelam à sensibilização das pessoas, à necessidade de contribuir para duas temáticas importantes, nomeadamente a questão do controlo de roedores, que é uma questão muito atual e que depende da ação de cada um de nós no seu meio”, salientou João Ponte.

Outra vertente importante, segundo o governante, abordada nestes vídeos "é o apelo ao consumo de produtos produzidos nos Açores, nomeadamente o leite e produtos hortícolas".

“Ao fazermos isto estamos a valorizar o que produzimos e a defender as nossas produções e isto representa muito para a nossa economia, já que a produção do leite é a principal atividade económica da região, a que gera mais exportações e mais riqueza”, sustentou.

Quanto à aplicação dos produtos fitofarmacêuticos para prevenir pragas e doenças nas culturas agrícolas, o secretário regional da Agricultura e Florestas lembrou que houve uma nova legislação aplicada a região, daí o apelo para a responsabilização dos agricultores e população.

João Ponte adiantou ainda que o executivo açoriano pretende conceder ao longo deste ano mais cinco vídeos com outras temáticas que serão analisadas em articulação com a Associação Agrícola.

"No caso do leite, tudo vamos fazer para que esta campanha tenha impacto a nível nacional na defesa de uma produção que é açoriana e de excelência e isso naturalmente não substitui outro tipo de campanhas que a indústria deve e pode fazer com o objetivo de valorizar também o rendimento de toda a fileira do setor", vincou ainda.

O presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, registou a importância da campanha que arranca na terça-feira, sublinhando que este tipo de iniciativas "são importantes entre portas".

"Vivemos num mundo global e estas campanhas são importantes, porque andamos distraídos com aquilo que temos e o apelo vai para o contributo de todos os açorianos", declarou o responsável.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.