Mattel retira mais 11 brinquedos do mercado


 

Lusa/AO   Economia   5 de Set de 2007, 12:04

A empresa Mattel anunciou terça-feira a retirada do mercado de 11 brinquedos por conterem níveis elevados de chumbo, incluindo acessórios da Barbie e produtos da Fisher-Price, mas nenhum deles se encontra à venda em Portugal.
     Num comunicado colocado no site da empresa, a Mattel estima recolher 530 mil unidades destes brinquedos nos Estados Unidos e 318 mil em outros países.

    Em causa estão sete acessórios da Barbie (como um cão, um gato ou alimentos de brincar) e três brinquedos comercializados com a marca Fisher-Price GeoTrax (dois comboios e um instrumento musical).

    Fonte do gabinete de marketing da Mattel em Portugal disse à agência Lusa que nenhum destes brinquedos é comercializado no país.

    Este anúncio resulta de uma investigação realizada pela Mattel aos seus brinquedos feitos na China, após a detecção de produtos oriundos desse país que continham níveis elevados de chumbo nas tintas.

    A acção está a ser realizada em conjunto com a associação norte-americana da defesa do consumidor, que apela aos consumidores para que deixem de usar os brinquedos em causa "imediatamente", apesar de ainda não terem sido registados quaisquer incidentes envolvendo estes produtos.

    Os brinquedos foram produzidos entre Setembro de 2006 e Agosto de 2007 por empresas chinesas subcontratadas pela Mattel.

    Trata-se da terceira vez este Verão que a Mattel se vê obrigada a recolher brinquedos por conterem substâncias potencialmente perigosas para a saúde das crianças.

    Esta acção sucede-se à retirada do mercado por parte da Mattel de 19 milhões de brinquedos fabricados na China, que incluíam bonecas e carros.

    Algumas destas peças continham chumbo e outros pequenos ímanes susceptíveis de ser engolidos.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.