Suspeitos de furto de viaturas e burlas detidos


 

Lusa / AO   Nacional   4 de Set de 2007, 16:45

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) da PSP do Porto anunciou a apreensão de seis veículos e a identificação de cinco pessoas em duas operações de combate ao furto de viaturas e às burlas a seguradoras e financeiras.
Fonte da DIC explicou à Lusa que alguns dos arguidos são suspeitos de participarem a seguradoras acidentes de viação que nunca aconteceram com veículos com cobertura contra todos os riscos, a fim de reclamarem indemnizações indevidas.

Entidades bancárias ou parabancárias eram também lesadas por alguns dos suspeitos, na medida em que estes "não pagavam nem tinham intenção de pagar" créditos que pediam para compra de automóveis.

Em alguns casos, pediam créditos em nome de outra pessoa que não o comprador do automóvel e, noutros, indicavam rendimentos irreais para obterem facilmente os créditos que não tencionavam pagar, explicou a fonte ouvida pela Lusa.

No caso da comercialização de automóveis furtados, os suspeitos preenchiam as declarações de venda recorrendo a documentos do legítimo proprietário que encontravam no interior da viatura.

O uso de peças de viaturas furtadas para outros veículos é também imputado a alguns dos arguidos.

Numa das operações agora revelada, que incluiu uma busca numa oficina de Águas Santas, Maia, foram apreendidos quatro veículos e constituídos arguidos três homens - dois empresários e um desempregado, com idades entre 26 e 37 anos.

Os veículos apreendidos foram dois automóveis Audi A3, um Citröen C3 e uma autocaravana Ford, esta furtada no estrangeiro.

Na outra operação, foram apreendidos um automóvel BMW e outro Audi A3.

Na altura foi identificado o vendedor, um homem de 29 anos, residente em Gaia e que foi interceptado em Leça da Palmeira, Matosinhos.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.