Condecorações do Dia dos Açores colocam PS e PSD de costas voltadas

Regional /
Assembleia Legislativa dos Açores

992 visualizações   

São 31 os nomes propostos, que resultam de uma ronda negocial entre todos os partidos, mas que há última da hora deixou de fora o PSD. Soares Marinho, o líder parlamentar laranja, acusa mais uma vez o PS de arrogância, lamentando por outro lado, que a lista dos nomes tenha sido entregue sem o conhecimento prévio do PSD.


 
Ainda assim, a proposta de resolução, onde consta a lista de condecorados 2010 carece de aprovação que acontecerá no plenário de 18 de Maio.

Polémica à parte, das personalidades que vão distinguidas com as insígnias honoríficas açorianas o destaque vai para Manuel de Arriaga e Teófilo Braga, a quem será atribuída a título póstumo e no ano em  que se assinala o Centenário da República, a Insígnia Autonómica de Valor.

A Insígnia Autonómica de Reconhecimento será atribuída ao antigo jornalista Gustavo Moura, ao ex- deputado Cunha de Oliveira, e aos escritores Daniel Sá, Norberto Ávila, Álamo de Oliveira e  Eduíno de Jesus, só para citar alguns e a título póstumo – Carlos Corvelo e Melo Antunes.

Igualmente, a título póstumo serão condecorados com a insígnia de Mérito Profissional, os médicos Homem de Gouveia e Estrela Rego.

José Decq Mota – Melo Bento e Ruben Rodrigues integram o grupo de 11 personalidades que vão receber a Insígnia de Mérito Cívico, enquanto, Rui Mesquita, será o único a receber a Insígnia Autonómica de Dedicação

A Fábrica de Chá Gorreana – é a única entidade colectiva que receberá a Insígnia Autonómica de Mérito industrial – Comercial e Agrícola