Universidade dos Açores forma professores de Macau em filosofia para crianças

Universidade dos Açores forma professores de Macau em filosofia para crianças

 

Lusa/AO Online   Regional   20 de Out de 2014, 12:15

Um grupo de professores da Escola Portuguesa de Macau (EPM) candidatou-se à pós-graduação em Filosofia para crianças da Universidade dos Açores, a única que atualmente é ministrada em Portugal, anunciou hoje a coordenadora do curso.

 

“Tanto quanto sei são professores de português. Não são todos do mesmo nível de ensino. Já desenvolvem algumas atividades, mas que queriam ter uma formação mais específica na filosofia para crianças e, ao mesmo tempo, um acompanhamento daquilo que vão fazendo”, afirmou Magda Carvalho, em declarações à Lusa.

A Escola Portuguesa de Macau (EPM), fundada em 1998, é atualmente o único estabelecimento de ensino na região administrativa sobre domínio chinês que ensina português a alunos do 1.º ao 12.º ano.

Segundo disse Magda Carvalho, quando o grupo de professores de Macau contatou a academia açoriana já tinham terminado a duas fases de candidatura, mas dado o interesse, a reitoria decidiu abrir uma terceira fase, cujo prazo terminou a 17 de outubro.

Dos seis professores que manifestaram interesse por frequentar o curso, candidataram-se cinco.

O curso de pós-graduação em Filosofia para crianças na Universidade dos Açores (UAç), iniciado no último ano letivo com dez alunas, funciona em regime presencial e à distância, contando já este ano com estudantes matriculados de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Horta, Santarém e Coimbra.

A coordenadora do curso explicou que as atividades letivas decorrem “através de uma plataforma virtual”, o que permite que alunos de vários pontos do país e do mundo participem nas aulas, em tempo real, recorrendo apenas a um computador com internet.

Magda Carvalho disse que, neste momento, a Universidade dos Açores é a única instituição de ensino superior em Portugal que leciona uma pós-graduação em Filosofia para crianças, sendo igualmente pioneira na investigação científica nesta área de conhecimento.

“A Filosofia para crianças na UAç é muito mais do que esta pós-graduação. Nós já trabalhamos desde 2007 e temos projetos, uma obra publicada e várias coisas feitas. Esta pós-graduação foi mais um passo que nós demos”, afirmou Magda Carvalho, que juntamente com mais duas professoras, além das aulas e investigação, vão a escolas pôr em prática a teoria.

A docente e investigadora lamentou que em Portugal “não exista ainda nada legislado, nem regulamentado” sobre a prática da Filosofia para crianças, manifestando o desejo de que “algo aconteça” neste sentido.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.