Única moradia projetada de raiz pelo arquiteto Raul Lino nos Açores está à venda

Única moradia projetada de raiz pelo arquiteto Raul Lino nos Açores está à venda

 

AO/Lusa   Regional   22 de Mai de 2016, 12:31

A única moradia projetada de raiz pelo arquiteto Raul Lino, autor da casa portuguesa, na ilha de São Miguel, Açores, está à venda, com a Ordem dos Arquitetos a alertar para a necessidade de ser preservada.

 

A moradia, de tipologia T10, com área útil de 500 metros quadrados, está publicitada para venda na página na Internet de uma imobiliária, em Ponta Delgada, por 1,1 milhões de euros, e descrita como “edifício histórico, com possibilidade de fracionamento para fim turístico, localizado num bairro nobre”.

Raul Lino da Silva (1879-1974) é responsável por mais de 700 projetos e obras, com destaque para várias moradias particulares, como a Casa O'Neil, em Cascais (1902), a Casa dos Patudos, em Alpiarça (1904), a Casa do Cipreste, em Sintra (1912), ou o Cinema Tivoli, em Lisboa (1924), segundo a Infopedia.

O presidente da delegação dos Açores da Ordem dos Arquitetos, Carlos Marques, defende que o futuro proprietário da casa deve ter em conta que vai adquirir uma moradia com importância arquitetónica, que “merece ser preservada”.

“A única ressalva é que, quem a comprar depois, não pense em fazer obras que vão alterar a imagem e a qualidade arquitetónica que vale por si só”, afirmou à agência Lusa Carlos Marques, frisando que “qualquer obra de arte pode ser transacionada, caso assim os seus proprietários o entendam”.

Segundo disse o arquiteto, qualquer tipo de iniciativa que o novo proprietário queira fazer no imóvel terá de passar sempre pela Câmara de Ponta Delgada e pela validação de um arquiteto, adiantando que a ordem tem “plena confiança nos profissionais que trabalham nos Açores”.

A docente e investigadora na Universidade dos Açores, com doutoramento em História da Arquitetura, Isabel Albergaria referiu que o projeto desta moradia foi encomendado por Lúcio Agnelo Casimiro a Raul Lino, dado a amizade que existia entre ambos, e que o arquiteto nunca veio à ilha de São Miguel, “apesar de aqui ter outros projetos da sua autoria”.

“Há uma casa na Fajã de Baixo que também teve um projeto de Raul Lino, mas foi um projeto de adaptação, não foi um projeto de raiz. Aquela [que está à venda] pode dizer-se que é o único objeto significativo da obra do arquiteto nos Açores”, explicou Isabel Albergaria, acrescentando tratar-se do primeiro imóvel construído na avenida Gaspar Frutuoso, em Ponta Delgada, onde depois surgiram outros edifícios de relevância arquitetónica.

A investigadora considerou que a habitação projetada de raiz por Raul Lino, em Ponta Delgada, tem outros aspetos de interesse, como os painéis de azulejos de Domingos Rebelo, dado que o pintor açoriano não tem muito trabalho feito, utilizando este material.

A ficha da moradia, que consta no Inventário do Património que o Instituto Açoriano de Cultura está a realizar, refere que a construção é do início do século XX, rebocada e pintada de creme, está em "bom estado de conservação" e "o imóvel sofreu já algumas alterações descaracterizadoras, nomeadamente a transformação do piso térreo e da garagem em habitações de aluguer, e a demolição da caixa do forno".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.