Suécia quer potenciar ligações comerciais com os Açores

Suécia quer potenciar ligações comerciais com os Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   19 de Out de 2015, 14:46

O cônsul da Suécia nos Açores declarou hoje que o país está interessado em potenciar trocas comerciais com a região e que o fluxo turístico existente, de cerca de 10 mil visitantes anuais, é para manter.

 

“Os produtos açorianos são muito apreciados pelo povo sueco e pela própria embaixada que, em julho, quando inaugurou o consulado honorário [nos Açores], teve a ocasião de os experimentar. Existe esta possibilidade de intensificar as trocas comerciais”, declarou Nuno Raposo aos jornalistas.

O novo cônsul da Suécia foi hoje à residência oficial do presidente do Governo dos Açores, em Ponta Delgada, apresentar cumprimentos a Vasco Cordeiro.

O cônsul honorário manifestou a sua “inteira disponibilidade” para ajudar a intensificar as relações dos Açores com o reino da Suécia, que passam também pelo turismo. As atuais ligações aéreas semanais com a região, perspetivou, vão manter-se “nos próximos tempos”.

“O povo sueco representa desde esta altura [início da década] uma presença significativa nos Açores, em termos turísticos. Creio que a história recente do turismo nos Açores está intimamente ligada ao povo sueco e que os açorianos gostam da sua presença na região”, declarou o cônsul da Suécia no arquipélago.

Afirmando que os suecos repetem a sua presença nos Açores com frequência, até mais do que uma dezena de vezes, Nuno Raposo declarou que os números atuais não são os mesmos de há 15 anos, mas a tendência é para se manterem em cerca de 10 mil visitantes anuais.

O presidente do Governo dos Açores lembrou o passado recente das relações entre a região a Suécia, mostrando-se convicto de que o novo cônsul da Suécia na região vai ser capaz de criar condições para que se fortaleçam e possam dar ainda mais frutos no futuro.

“O mercado sueco, embora já tenha tido um peso mais significativo nos mercados turísticos que trabalham com os Açores, hoje ainda tem uma importância muito grande. Diria que mercado sueco foi um daquelas que estiveram na base do crescimento do setor turístico aqui nos Açores”, recordou Vasco Cordeiro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.