São Miguel, recebe evento único para viagem de dança por terra e água

São Miguel, recebe evento único para viagem de dança por terra e água

 

Lusa/AO Online   Regional   30 de Ago de 2016, 14:01

São Miguel, recebe em setembro um evento "único em Portugal", onde, durante oito dias, 15 pessoas são convidadas a descobrir a maior ilha açoriana experimentando práticas de dança na água e na natureza, anunciou hoje a organização.

“A 1.ª edição do Oceans and Flow é um evento único em Portugal. É um convite para que 15 participantes possam vir conhecer a ilha de São Miguel, neste caso de uma forma única, que é a dançar e a desenvolver práticas de água por toda a ilha”, disse à agência Lusa Violeta Lapa, da organização do evento que decorre de 09 a 16 de setembro.

Violeta Lapa explicou que o evento está aberto a 15 participantes (com e sem experiencia de dança), revelando que as inscrições estão "quase encerradas", faltando apenas preencher "uma vaga" e que já estão garantidas participações de "São Miguel e de vários pontos do mundo", caso de "Costa Rica, Bélgica, Israel e Alemanha", cativados pelas "belezas naturais" da maior ilha açoriana.

“É um evento único em Portugal e no mundo, porque não existe uma viagem de dança aquática que reúna numa só experiência quatro práticas de dança, nomeadamente a dança na água, o Flydeeper (uma prática de dança), o Freedive (mergulho livre) e o Dragon Dreaming, uma metodologia de design de projeto que ajuda organizações e empresas na concretização de sonhos coletivos, inspirada nas tribos aborígenes da Austrália”, disse, frisando que "é a primeira vez" que uma viagem reúne experiencias do género.

O "Oceans and Flow" integra diariamente duas sessões de dança em terra ou na água, nas lagoas, cascatas e no mar, com uma equipa de formadores internacionais, segundo Violeta Lapa, indicando que vão decorrer também “workshops” de dança, contacto de improvisação na terra, na natureza e também na água, através do Freedive (mergulho livre) de apneia, no ilhéu de Vila Franca do Campo.

O evento prevê ainda a realização de um filme com performances criadas pelos participantes, uma produção que a organização pretende que seja "inspiradora", e “uma viagem gastronómica, pelos sentidos e pelos sabores, através de refeições naturais e saudáveis".

"Este evento é sempre único e irrepetível, pois cada edição vai acontecer numa ilha diferente, sempre em setembro. Em março será realizada uma edição Oceans and Flow internacional, estando já agendada a de 2017 para a Tailândia", referiu ainda.

Violeta Lapa disse que o Oceans and Flow dá a oportunidade aos 15 participantes de "conhecerem e terem acesso, através da dança, a locais desconhecidos para a maioria".

"Vamos aos sítios mais bonitos de São Miguel, mas também a locais que não são turísticos. É a primeira vez que uma viagem reúne estas experiências e a prática de Dragon Dreaming que permite aos participantes a realização de um sonho coletivo. Eles vão escolher o que querem viver, preparar e realizar ao longo da viagem. E este sonho será à volta das danças, da performance, sempre em contacto com a natureza", salientou.

O “Oceans and Flow” conta com a parceria da empresa Holistika, que apoia a organização na logística do evento.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.