RSI abrangeu 217.862 beneficiários em agosto, mais 2.351 do que em julho

Economia /
Pessoas

1217 visualizações   

O Rendimento Social de Inserção (RSI) abrangeu 217.862 beneficiários em agosto, mais 2.351 do que no mês anterior (1,1%) e mais 9.726 comparativamente ao período homólogo de 2015 (4,7%), segundo dados do Instituto da Segurança Social.
 

 

A prestação média de RSI chegou aos 112,79 euros em agosto, registando uma ligeira descida (0,3%) face a julho (113,09 euros).

Em relação a agosto de 2015, mês em que o valor médio desta prestação social foi 93,36 euros, registou-se uma subida de 20,8%, indicam os dados publicados no site do ISS.

Segundo a síntese de informação estatística da Segurança Social, 42% dos beneficiários desta prestação social tinham, em agosto, 24 ou menos anos, 34% tinham idades entre os 25 e os 49 anos e 24% tinham 50 ou mais anos.

O número de famílias beneficiárias de RSI também subiu em agosto, totalizando 98.043, mais 609 (0,6%) do que em julho e mais 4.871 (4,6%) do que no mês homólogo de 2015.

Em agosto, a prestação média do Rendimento Social de Inserção por família foi de 255,02 euros, o que representou uma descida de 0,2% em relação ao mês anterior e um acréscimo de 18,8% relativamente ao mesmo período do ano passado.

A Segurança Social explica que “as alterações nas regras de atribuição do RSI, efetuadas no início de 2016, permitiram que mais indivíduos e famílias fossem elegíveis para recebimento deste apoio”.

A maior parte dos beneficiários reside no distrito do Porto (63.235), seguido do distrito de Lisboa (36.887), de Setúbal (18.119) e dos Açores (18.466), adiantam as estatísticas do Instituto da Segurança Social.

As famílias estão maioritariamente concentradas nos distritos do Porto (28.983), de Lisboa (16.850), Setúbal (8.625) e no arquipélago dos Açores (6.257).