Regulador de serviços de água nos Açores recomenda aumento de tarifas

Regulador de serviços de água nos Açores recomenda aumento de tarifas

 

Lusa/AO online   Regional   1 de Out de 2014, 18:43

A Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos dos Açores (ERSARA) está a preparar uma recomendação para o aumento das tarifas de água cobradas aos consumidores finais, para que se consiga suportar as despesas dos serviços, segundo o presidente.

 Hugo Pacheco, que falava numa conferência de imprensa destinada a divulgar o relatório anual do controlo da água para consumo humano relativo a 2013, referiu que algumas autarquias da região estão a cobrar tarifas de fornecimento “demasiado baixas” para os custos.

"Nós estamos a preparar uma recomendação para apresentar aos nossos parceiros, no sentido de aumentarem as tarifas que cobram aos consumidores finais, de forma a que possam suportar parte das despesas nestes serviços", adiantou o presidente da ERSARA, na Horta.

O responsável referiu que um eventual aumento no preço da água deverá ter em conta, porém, princípios como o da "acessibilidade" e "sustentabilidade", além de uma atenção especial às famílias numerosas e carenciadas.

Hugo Pacheco lembrou que a ERSARA apenas poderá fazer recomendações em matéria de tarifas de água, uma vez que essa "é uma competência das autarquias".

De acordo com a ERSARA, a qualidade da água potável distribuída pelos 19 concelhos dos Açores é, em geral, de "boa qualidade e boa para o consumo humano".

Hugo Pacheco recordou que, dos 19 concelhos da região, apenas um, o das Lajes das Flores, apresentava no ano passado resultados "medianos", devido à deficiente desinfeção da água.

Segundo o responsável, a Câmara Municipal das Lajes das Flores já instalou, em junho deste ano, um novo sistema automático de desinfeção da água, que, como indicam as análises mais recentes, demonstram que o problema "já está ultrapassado".

De acordo com os resultados das 21.671 análises à qualidade da água efetuadas nas nove ilhas dos Açores durante o ano de 2013, existiam quatro concelhos que apresentavam um indicador de 100% no parâmetro de "água segura": Corvo, Santa Cruz das Flores, São Roque do Pico e Angra do Heroísmo.

Mais de metade dos concelhos da região apresentava também um "bom desempenho" em matéria de qualidade da água (superior a 99%) e quatro municípios registavam valores superiores a 98%.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.