Eleições Autárquicas

PS acusa candidato do PSD de pedir “cheque em branco” aos eleitores de Ponta Delgada

PS acusa candidato do PSD de pedir “cheque em branco” aos eleitores de Ponta Delgada

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Set de 2017, 07:54

O candidato do PS à Câmara de Ponta Delgada acusou o candidato do PSD e atual presidente da maior autarquia dos Açores "de querer um cheque em branco" dos eleitores sem que estes conheçam o seu "programa eleitoral".


"Estamos a cerca de 24 horas do encerramento desta campanha e o que pede o candidato do PSD? Em boa verdade pede um cheque em branco aos ponta-delgadenses, pede que lhe confiem o seu destino nos próximos quatro anos sem conhecerem uma ideia concreta, um projeto objetivo, uma medida para melhorar a vida das pessoas", afirmou Vítor Fraga.

O candidato falava no comício de encerramento da campanha eleitoral que decorreu esta noite no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, onde acusou José Manuel Bolieiro (PSD) de "não se ter dignado a apresentar o seu programa eleitoral".

O cabeça de lista do PS diz que a cidade precisa "de uma liderança firme, mas serena, que não ande de hesitação em hesitação e que ponha sempre os interesses de Ponta Delgada em primeiro lugar".

"Comigo, a Câmara de Ponta Delgada não servirá como trampolim para outros voos políticos, não será sede partidária para fazer oposição ao Governo, do mesmo modo que não serei o porta-voz do governo em Ponta Delgada, serei sim o porta-voz de todos os ponta-delgadenses junto do governo e de todas as outras instituições e poderes públicos", garantiu.

O candidato socialista defende "uma nova exigência" e "uma nova cultura de responsabilidade" à frente da Câmara Municipal de Ponta Delgada que "responda às necessidades de uma sociedade dinâmica".

Para Vítor Fraga "é tempo de mudar para melhor", lembrando que no próximo domingo "o que está em causa é o presente e o futuro da cidade de Ponta Delgada" e não uma decisão "entre o candidato A ou B para a presidência da Câmara".

"Felizmente que em democracia não há vencedores antecipados, o que está em causa domingo é muito mais que um concurso de simpatia (...) o que está em causa é o futuro nos próximos anos de cada um de nós que escolheu Ponta Delgada para viver e para trabalhar", sublinhou.

O comício de encerramento da campanha socialista contou a presença de Carlos César, líder da bancada parlamentar do PS, e do presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro.

São candidatos à Câmara de Ponta Delgada o atual presidente, José Manuel Bolieiro (PSD), Vítor Fraga (PS), Bruna Almeida (CDS-PP/PPM), Kol de Carvalho (BE), Rui Teixeira (CDU), Pedro Neves (PAN) e José Azevedo (Livre).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.